Você faz toda a diferenca!

sábado, 15 de novembro de 2014

Paredes do meu coracao do Dr. Bruce Thompson e Barbara Thompson


 Muito interessante como eles cuidam dos assuntos
 que andam destruindo a nossa geracao.
O livro fala de rejeicao.
Como isso tem atrapalhado a nossa vida e como ela nos acompanha pela nossa vida a fora.
E querendo nos defendermos, nós construimos  mecanismos
  em nossa área emocional tentando resolver esta questao.
Como andam as paredes do teu coracao?
As paredes representam nossa personalidade.
E como ela está? Cada vez mais forte?
Cada vez mais agressiva, revoltada, ansiosa, possessiva,
triste, depressiva, apática, insegura, dominante, desesperada...???
Gente, eles vao abordando ponto por ponto.
E nos dando dicas de como tratá-las.
Thompson diz: " É preciso dar uma espiada para ver  o que há de errado."
Sem dúvida alguma um ótimo presente de natal.

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Halloween para os Evangélicos, como é isso?


Viviane ontem no jantar perguntou se ela poderia ir para a escola fantasiada de Drácula já que seria Halloween. O pai imediatamente disse-lhe que nao porque era uma festa de celebracao aos mortos e que nós por sermos cristaos festejamos a vida.
Ela me olhou com os olhos compridos, pidoes, buscando ajuda e perguntou: E você mamae, o que acha?
Eu fiquei alguns minutos em silencio me colocando no lugar dela com 8 anos e o que eu mesmo gostaria de fazer se tivesse a idade dela. Qual seria o meu entendimento nesta idade.
Christian como me conhece muito bem  sentiu a questao e  perguntou:
- E entao qual é a tua opiniao como crista, como educadora...e lá foi ele me colocando na parede. Entao eu disse:
- Eu quando tinha a idade da Viviane odiava quando eu era proibida de fazer alguma coisa e eu nao entendia porque.
Quando a proibicao é algo que poe em risco a vida da crianca eu sou 100% a favor de que se fique firme. Mas olha, ir para a escola fantasiada de Drácula e se juntar as outras criancas para rirem de si mesmas porque estao ridiculamente vestidas isso é outra coisa.
Entao eu perguntei a Viviane:
- Vivi, quando você é convidada para uma festa de aniversário de uma coleguinha sua, você vai toda feliz com um presente nas maos para brincar porque você está feliz porque a sua amiguinha nasceu. Certo?
- Certo.
- Halloween, é uma festa que está relacionada com a morte. Se sua mae fosse morta você iria querer festejar o Halloween?
- Nao mamae, nao iria porque eu seria triste. A vovó, mae do papai está morta, mas isso nao significa que eu vou estar festejando a morte dela. Posso ir amanha para a escola vestida de Drácula?
- Pode. - E foi assim gente o diálogo entre nós.
Antes de levá-la para a escola, comprei uma caixa de balinhas de borracha chamada por aqui de "Gummibärchen" com os motivos dessa festa.  Comprei a dentadura de Drácula e uma meia verde fluorescente cheiinha de vampirinhos. Eu a maquiei, escolhemos uma fantasia que pudesse combinar. Ela  levou  as balinhas e estava super feliz! Na escola somente ela foi fantasiada. As outras coleguinhas que tinham combinado com ela, nao foram, pois os pais nao deixaram. Ela me olhou com certo receio e eu lhe disse:- Güenta firme! Você queria vir vestida de Drácula nao é?
O bom foi que ela foi muito bem recebida pelas colegas que gostaram vê-la assim.
O bom foi que a professora a elogiou e gostou de distribuir com a classe a caixa de balinhas que ela levou. O bom foi que gostei de vê-la argumentar a sua posicao mesmo que eu o pai tenhamos uma outra opiniao sobre o assunto.
Melhor ainda é que hoje 2 anos depois ela consegue ver pelos olhos da Fé que Haloween nao é uma festa que celebra a Deus e por isso ela mesma decidiu que nao quer mais.

E vocês, o que teriam feito no meu lugar???

Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

domingo, 12 de outubro de 2014

Campos de Batalha da mente o livro da Joyce Meyer

Confesso que pelo título do livro eu jamais o compraria, mas uma amiga me falou tao bem do livro que resolvi comprá-lo. E olha, ela estava certa. O livro é prá lá de bom.  Super positivo, te coloca prá cima.

Vou copiar aqui algumas frases que estao no livro quem sabe você também resolve lê-lo?

" Nem todos nós temos o dom de exortar  alguém, mas qualquer um pode aprender a ser encorajador. A regra é: se nao é bom, entao nao pense ou diga." Pág. 162

"Nossas palavras sao muito importantes porque elas confirmam nossa fé ou em algumas ocasioes, a nossa falta de fé." Pág. 114

"Nossos pensamentos, com certeza, afetam nossas atitudes e nossa disposicao." Pág.66

"Pensamentos positivos sao sempre cheios de fé e esperanca." Pág. 43

"Quando falhar, isso nao significa que você é um fracasso. Significa simplesmente que você nao fez tudo certo. Nós todos temos de aceitar o fato de que temos pontos fortes e pontos fracos." Pág. 39

Acho que o livro seria ótimo como presente de aniversário ou natal.