Você faz toda a diferenca!

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Tag



Um convite da Lúcia do blog Sem medida é uma honra e eu o atendo na hora. Lúcia Obrigada pelo convite.
O meme ou tag, é para ser repassado para 6 blogueiras/os depois de ser respondido, completando as frases.

O mundo seria muito mais feliz se ...
 
procurássemos amar o próximo como a nós mesmas. 
Já parou para pensar no que isso significa?
Uma amizade é realmente importante quando ...
podemos contar com ela para o que der e vier, 
quando ela fala o que precisamos ouvir e nao o que  gostaríamos de ouvir.
Paciência e tolerância são para mim ...
paciência é algo que nao tenho muito, preciso melhorar isso.
 Tolerância para mim é algo que está ligado a respeito, 
entao tolero em nome do respeito.

Algo que me irrita profundamente é ... 
gente que nao aprende. Ela está sempre cometendo os mesmos erros. 
Acho que as pessoas mais humildes ...
sao mais felizes.
Quando o dia amanhece nublado eu ...
fico com vontade de ficar na cama.
Uma qualidade indispensável nas pessoas é ...
respeito. 
Sem isso nao há Amor que sobrevive, nao há felicidade que
se conquiste.



Meu convite vai para "seis" homens blogueiros, pois sou muito curiosa em saber o que pensam os homens, rs. Vou fazer por ordem alfabética para eles nao arrancarem os bigodes, hahahhaha.)

Mas... sintam-se à vontade para não aceitar o convite, nem todos gostam dessa interação.

1) Allan - Carta da Itália
2) Edu - Varal de Idéias 
3) Gaspar de Jesus - Arte Fotográfica
4) Joao Méneres - Grifo Planante
5) Jorge Costa Reis - . Blog
6) José Jaime - Cafôfo do Vovô


sábado, 14 de junho de 2014

Vida intensa por aqui...

Pois é, muitos amigos andam me perguntando
se está tudo bem por aqui.
Sim, estamos todos bem gracas a Deus.
O caso é que eu quero fazer outras e novas coisas.
O pior mesmo é a preguica, rs.
Casa cheia de crianca, a garotada adora vir prá cá. 
Por outro lado recebendo os amigos como foi a nossa última visita no feriado da Marianna do blog Sweet Old Fashioned Girl acabado de sair do forno, passem por lá porque ela vai gostar. Linda a sua família, todos eles. Amamos conhecer vocês. 


Meus filhos entrando na adolescencia e eu quero ser mais presente e particpante, pois sei que depois dessa fase eles vao criar asas e voar e antes que eles voem quero firmar algumas coisas que eu acho importante no caráter deles.
E algo que eu nao abro mao
é no buscar a Deus em oracao todos os dias.
Um grande beijo em todos e até logo!

terça-feira, 1 de abril de 2014

Casamento Blindado o livro que estou lendo no momento

Eu gosto muito de investir em livros e de preferência em bons livros.
Eles  muitas das vezes falam como meus pais antigamente, falam como psicólogos, falam como um bom amigo, falam  quando nao queremos ouvir ninguém.
Usam uma linguagem  especial com uma vozinha dentro da nossa cabeca ou dentro do nosso coracao. Ali  vao decifrando os códigos e formando palavras, conselhos sábios e dividindo com quem lê um profundo aprendizado. Eu estou no 5° Capítulo do livro e a leitura é leve, me deixa familiarizada com os exemplos que acontece nos meus dias.
" Uma das principais razoes por que as pessoas decidem nao lidar com o problema no relacionamento é o fato de a experiência ser extremamente dolorosa. A falta de habilidade na comunicacao, os ataques verbais e a irritacao fazem o casal evitar o assunto em vez de resolvê-lo." ( Página 58)

Quantos casais estao deixando a vida passar sem coragem de colocar os pingos nos "is".
Eu ouso dizer que muitos já perderam a esperanca, nao acreditam mais no seu parceiro ou parceira por nao ver de forma alguma, chance de mudanca. Desejar mudar mas somente ficar no  querer, isso nao ajuda muito.
É preciso fazer um esforco quase que sobre humano para nao deixar o seu lado ruim sair para fora.
Nao, ninguém é obrigado a nos aceitar como somos. Como andam dizendo por ai. Se eu quero viver feliz com alguém, ambos precisam se ajustar e eu devo ser a primeira a dar esse passo se eu quero que a outra pessoa tenha forcas para mudar também.
Eu nao vou dizer que aqui em casa é um mar de rosas, há tempos de guerra e há tempos de paz.
Mas de uma coisa nao abrimos mao: colocamos tudo sobre a mesa, à luz de velas, com um bom vinho. Ali afinamos as nossas cordas para que a nossa música mesmo que nao afinada possa ser  tocada. Querendo ler mais trechos do livro, clique  AQUI.