Você faz toda a diferenca!

terça-feira, 19 de maio de 2009

Como viver em outro país?


Parte 7 - Aprendendo a dirigir

Eu sempre vivi praticamente no centro do Rio de Janeiro. Morava em Sao Cristóvao, pertinho da Quinta da Boa Vista. Uma delícia de lugar. Os ônibus rodavam à noite inteira. Eu trabalhava na escola ali pertinho, no Colégio Brasileiro, eu nao precisava de um carro própriamente dizendo, entao nunca me interessei em aprender a dirigir.
Tive que aprender do zero.

Primeiro compramos numa loja o livro de exercício em alemao. Mas olha, eu nao conseguia entender. Achei difícil demais e falei para o Christian que nao ia dar, eu nao conseguia gravar e nem assimilar em outra língua. Fomos na escola de direcao e lá ficamos sabendo que eles ofereciam aos alunos a possibilidade de termos essas folhas de exercício em minha língua e também a prova seria feita em Português de Portugal. Respirei aliviada!!!
Encomendamos através da escola de direcao esses "Bogen" especiais. Depois fiquei sabendo que todas as escolas encomendam em todas as línguas esses exercícios, eles dizem que assim fica mais fácil para cada um assimilar em sua própria língua. Gracas a Deus, porque eu já estava me achando burra demais, rs.

Durante dois meses eu nao fiz nada além de estudar e me preparar.
A prova teórica foi marcada para
ser feita no ministério automobilístico e eu tirei a nota máxima! Hurra! Nenhum erro.
Logo depois, a prova prática foi marcada e eu passei na primeira, estava radiante!!! E o Christian super orgulhoso de mim, pois afinal uma carteira de motorista por aqui custa uma nota preta. Extamente o valor das nossas passagens para o Brasil, só para vocês terem uma idéia.

Com a carteira na mao, lá fui eu dirigir o nosso carro sozinha...uau! Quantas dificuldades!!! Peguei logo um trânsito terrível na estrada e como nao tinha muita experiência o carro morria todas as vezes que eu precisava dar a partida. Eu estava tirando muito rápido o pé da embrenhagem. Foi muito bom todos esses exercícios, mas eu saía do carro suando, às vezes com dor de cabeca, tensa... eu estava nessa época com 37 anos e nessa idade nao foi fácil comecar aprender a dirigir, mas vi também que nao é impossível quando se quer. Uns comecam mais cedo e outros mais tarde, e essa era eu, rs.

Mas uma coisa nao estava de todo em ordem, mas isso eu conto da próxima vez...

Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor

3 comentários:

shan-Tinha disse...

frau christian!!!
hahaha! olha como sei falar em deutch...to adorando ler seu blog, essa da carteira d motorista me fez lembrar qdo eu aprendi, faz 15 anos, achava q jamais aprenderia a dirigir e nadar, ufa, aprendi a dirigir e nadar não, achava q os carros deveriam se transparentes, me sentia sufocada, dirigir dia d chuva nem pensar, meu marido (deutch) me seguia em outro carro até dentro do pátio da escola onde eu trabalhava, literalmente escoltada!!! mas é uma beleza saber dirigir não é mesmo? abraços tupiniquins e deutch de chuvaville (joinville)

Marianna disse...

Ola Georgia,

Seu blog e demais!

Na sexta farei a prova pratica da CNH, mas estou perdida qto a aquelas regrinhas de estacionar de re, vc tem alguma dica? Meu Alemão ainda e fraco para entende-las, acho que nesse caso, meu caso Português tmb, rs...

LG aus Allgau,
Marianna

Georgia Aegerter disse...

Oi Marianna, deixa teu email aqui para que possamos conversar em particular.

Olha, nao sei se vc já dirigia no Brasil. As regras sao as mesmas.

Vc podia ter pedido para fazer a prova em portugues. Eles têm esses Bogen, em todas as linguas européia, eu fiz a minh em português de Portugal.

Treine bastante esses bogens, eu comprei uns plasticos que sao como envelopes e assim com uma caneta piloto eu fazia as cruzinhas em cima desse plastico e depois podia apagar com um pano úmido. Com esses plásticos por cima se pode treinar muitas vezes.

Escreve para o meu email: saiajusta4@gmail.com


Um grande beijo e boa sorte ai na prova. É já amanha???