Você faz toda a diferenca!

sábado, 8 de maio de 2010

Merendeira ou lancheira?


Me lembro como se fosse hoje da minha merendeira. Ela era cor de rosa, com o botao giratório para abrí-la em vermelho no meio e a alca plástica branca. Nao achei nada parecido na net a nao ser esta imagem.

A hora do recreio, hoje chamado de pausa, era um dos melhores momentos do meu tempo de jardim. Eu nunca sabia o que a minha mae tinha colocado para eu beber. Às vezes nescau, às vezes leite com sabor de morango, às vezes em dias especiais fanta, grapete ou guaraná. Mas muitas das vezes eu levava mesmo suco de saquinho, aqueles Q- Suco. Alguém se lembra?
Eu adorava esse momento. Para comer ela colocava às vezes pao com goiabada, huuuum, que delícia! Outras vezes biscoitos Piraquê ou biscoito Maria.
Nao sei se eu gostava da comida ou simplesmente aquele momento mágico de abrir a minha merendeira ou lancheira e decobrir o que eu tinha para comer naquele dia.
Gostava também da toalhinha colorida com o meu nome bordado para que eu pudesse secar as maos antes de comer o meu lanche.
Hoje em dia temos tantas variedades que nem sabemos qual comprarmos.

E você se lembra da sua lancheira?

E essas lindas rosas ofereco para cada um/a que visita o meu blog. Seja você mae ou nao, leve uma do fundo do meu coracao para sua casa com os desejos de muitas felicidades. Feliz dia das Maes! Feliz dia dos Filhos! Feliz dia dos Pais! Feliz dia!


Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

35 comentários:

Pedrita disse...

ah, a minha era da turma da mônica, mas eu chamava de lancheira. hehe. eu gostava de bisnaguinha com queijo prato. beijos, pedrita

Ronald disse...

Oras, a amiga lembrou da velha Grapete?

Lembra do Slogan da época "Quem bebe grapete, repete!"

Tinha um amigo que pensava que repetia de ano, ahahahaha...

Mas na verdade, cá estou pra dizer que estou vivo e desejar à você muitas felicidades no seu merecido dia.

Saudades...

Eduardo P.L disse...

No meu tempo, e em São Paulo, chamavam de lancheira. A minha e do meu irmão era iguais e de couro. Com o tempo ficaram com cheiro de maçã azeda!!!

Jota Sena disse...

Olá Georgia bom dia!

Vim para uma visita e lhe desejar um feliz dia das mães… E dizer que não tive estes recursos para levar meus lanches, mas lembro com saudades daquelas horas de recreio.
Há e a tal de grapete, lembro-me que nos anos sessenta existia um jingle publicitário( uma vinheta ) que ficou marcado. A letra era mais ou menos assim…
( quem bebe grapete repete grapete, grapete é um gostoso prazer…). Se não me falha a memória era esta a forma de divulgação que encontraram para a famosa grapete.

E mais uma vez meus parabéns, por está tua genialidade de fazer com que recordamos com saudades das boas coisas de nosso passado...

Georgia obrigado por esta flor, que com toda a certeza dividirei com a minha esposa e mãe de minhas filhas…

Um bom final de semana junto aos seus!

Abraços e até +.

sonia a. mascaro disse...

Georgia,
No meu tempo, em São Paulo, também se chamava lancheira e a minha era de couro, penso que igualzinha a do Eduardo... E ela com o tempo também ficava com cheiro meio esquisito...
Obrigada pelas flores!
Feliz dia das Mães para você também.

Pandora disse...

A hora do lanche sempre é um capitulo a parte, eu tinha uma lancheira rosa e também tomava Q-suco...

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Nossa, eu me lembro de tudo isso q vc falou. E adorava tudo isso... tb fiquei com saudades rs... tinha uma lancheira do mickey rs... e do snoopy q eu gostava. tempos tão bons, infancia feliz...
Que vc tenha um maravilhoso domingo, dia das Mães, junto a sua família tão bonita! Bjos

Mylla Galvão disse...

Ei Gê,
Olha... Eu também tinha merendeira...
Era de plástido (daquelas térmicas)e na cor marron com laranja.
Sempre levava meu lanche e ainda dinheiro para comprar bala...
Eu adorava mesmo era o lanche da escola, que serviam na cantina...
Aí dividia meu lanche com os colegas de sala...

Estou levando as flores para enfeitar meus blogs...
E convidando vc a ir ao Ideias, tem uma homenagem lá...

Feliz Dia das Mães para vc tb!!!

Albuq disse...

Georgiaaaaaaaaaaa obrigada pelas flores!

Que Deus te abençoe sempre, principalmente nessa jornada de ser Mãe, amiga, companheira e tudo mais que a mãe é.

Bem, lancheira? Q-Suc? claaaaaaaaaaaaaaaaaaaro que tive sim, que tomava sim, e que sinto muita saudades. kkkk

Só você com lembranças tão doces!
bjs

Albuq disse...

Georgia, ganhei selinho e estou dando prá você, passa lá e pega! bjs

Sonhos & melodias disse...

Oi Georgia! Que doce lembrança você nos trouxe! Minha lancheira era rosa e também tomava Q-Suco. Feliz dia das mães pra você amiga. Dá uma passada em meu blog e leia a homenagem que fiz a todas as mães. Aproveite e leia minha postagem sobre o livro do Kledir Ramil O Pai Invisível.
Bjs

Tucha disse...

Tive uma lancheira, sempre cheia de surpresas deliciosas.
Dei o recado a mãe de Bel. Minha mãe a tem visitado para que não se sinta sem companhia feminina.

Ivana disse...

Lembro da minha sim!
Lembro que a minha era a mais "simplesinha" da sala: era uma garrafinha de plástico ao contrário das minhas coleguinhas que tinham garrafinhas termicas. Na minha tinha sempre café com leite (frio aquela altura do campeonato) e pão com manteiga.
Minha lembrança deste momento do lanche é relacionada ao desejo que eu sentia de comer o que tinha na lancheira das minhas amiguinhas! ahahah elas sempre tinham bolachinhas, iogurte, coca cola e queijinho! huuuum que vontade que dava! Mas é que éramos humildes e não tinhamos essas coisas em casa, mas isso não apagou as boas lembranças que tenho deste período!

Sandra disse...

VENHO DESEJAR A VC UM FELIZ DIA DAS MA~ES AMIGA. DESCULPE A DEMORA. MAS NÃO ESTÁ MUITO FÁCIL..

DESCULPE MINHA AUSENCIA.MAS NÃO FOI POSSIVEL VIR ANTES. ESTAVA TAMBÉM COM SAUDADES DE VC.
TENHO QUE DIVIDIR MEU TEMPO EM MIL.
MAS OS AMIGOS MORAM DENTRO DO MEU CORAÇÃO E PENSAMENTO. POR ISSO JAMAIS SERÃO ESQUECIDOS. PASSE O TEMPO, PASSA AS HORAS. MAS VC ESTARÁ COMIGO..MINHAS LEMBRANÇAS SEMPRE ME REPORTAM ATÉ VC. OS HORIZONTES SÃO GRANDES, MAS O AMOR ENCURTA ESTA DISTANCIA.
UM GRANDE ABRAÇO.
SANDRA

Sandra disse...

UM BELO TEXTO..MUITO SIGNIFICATIVO.
CADA UM DE NÓS TRAZ AS SUAS HISTÓRIAS. SÃO MOMENTOS QUE GUARDAMOS NA LEMBRANÇA.
UM GRANDE ABRAÇO,
SANDRA

Camille disse...

Ah eu lembro que tive uma lancheira muito parecida com a sua descrição. Ela nao tinha uns riscadinhos em relevo? Eu tb adorava ver o que minha mãe colocou para mim. Ela fazia uns guardanamos em forma de saquinho e ali ia o meu lanche dentro da merendeira(bom no Rio sempre chamou merendeira, aqui em SP é lancheira). Me lembro do cheiro de cafe com leite. As vezes ela me mandava isso com algum biscoito e polenguinho. Eu adorava esse cheiro,mas hoje nao gosto de café com leite. Engraçado nao é? Quando minha mae mandava banana eu nao gostava muito , por que ficava um cheiro na merendeira. Me lembro mais das sensações do que da coisa de fato. Mas acho incrivel como voce se lembra tao bem de tantas coisas. Talvez seja por que morando fora, tudo que era do Brasil ficou muito bem arquivado, como um tesouro particular.
Beijos e FELIZ DIA DAS MÃES COM SEUS FILHOS LINDOS E BEM EDUCADOS, TUDO DE BOM!
Cam

Poesia do Bem disse...

AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIQUE SAUDADES.POIS NÃO É QUE LEMBREI DA MINHA LANCHEIRA TBM ASIM E ERA VERMELHA, COM A TAL TAMA PRA FORA RSRRSR E A MOCHILA LEMBRA TINHA BOTÕES QUE GIRAVAM PRA ABRIR ERA FEITA DE UM TIPO DE CARTONADO SEI LÁ, OLHA LEMBREI TUDO TUDO COMO VC MEMSO ESCREVEU.Q-SUCO RSRRS E TUDO MAIS , BJSSSSSSSSSSSSS FELIZ DIA DAS MÃES VENHA VISITAR-ME SAUDADES

Cris disse...

Oi, Georgia,

Obrigada pela rosa e pelo carinho.Que você tenha um domingo delicioso e com muito afeto junto às tuas crianças.
E parabéns também.

Bj

Lunna Guedes disse...

Eu não gostava da famosa hora do "recreio" (intervalo). Sei lá o nome disso. rs
Geralmente eu ficava na sala de aula lendo livrinhos e comendo minhas frutas que íam dentro de uma maletinha linda (artesanal) feita pelo nono que anos depois eu acabei esquecendo dentro do trem. Foi uma choradeira só. rs
Bacio carissima e felicidades em mais um dia para vocês e que amanhã e depois a dança seja sempre de felicidades, preocupações (como evitá-las???rs) sorrisos, lágrimas e muitas saudades para valer a pena tudo que se viveu.
Bacio

Alex disse...

Eu, bom dia, vim aqui conhecer o seu blog através do link da Lu lá no blog dela. Gostei do seu post sobre lancheiras. Eu tinha uma azul que tinha uma garrafinha térmica que sempre ia cheia de suco pra escola. Mochila vermelha nas costas, saia azul, blusa amarela (um luxo só) e lancheira azul, acho que era de algum desenho.
Nossa, eu falo muito viu? Blessed

Celia disse...

Eu adorava minha merendeira. Eu tambem levava muito pao com goiabada.Como eu gostava...
Um feliz dia das maes pra vc tambem. Boa semana. Bjoka

Maria Augusta disse...

Georgia, a minha (lancheira) era de couro, tinha uma garrafinha térmica, lembro que minha mãe colocava limonada ou Toddy, dependendo se fazia frio ou não. Nunca conseguia comer e beber tudo que ela colocava, dividia sempre com as colegas.
Muito obrigada pelas flores, te desejo um maravilhoso Dia das Mães brasileiro (não sei como é aí na Alemanha, aqui o Dia das Mães é no final de maio).
Um grande beijo.

Scorpys disse...

Olá a minha chamava lancheira mas não lembro bem da cor,mas sempre tinha uns biscoitinhos de polvilho que eu adorava....rsrs.Feliz dia das maes.
beijusssssssssss

Eduardo P.L disse...

Georgia,

minha filha, Sandra, fez um post em sua homenagem AQUI:
http://gemeosmoreira.blogspot.com/2010/05/postagem-para-ellen.html

Bjs e mais uma vez obrigado!

Allan Robert P. J. disse...

Estava lembrando da minha lancheira noutro dia. Minha mãe colocava café com leite na garrafinha de plástico e um sanduíche. O café com leite derramava e molhava todo o sanduíche. Na hora do recreio eu abria a lancheira e jogava tudo fora. Era pequeno demais para alcançar a pia e lavar tudo, assim eu levava a lancheira de volta, com aquele cheiro nauseante. Um dia não abri a lancheira e deixei tudo como estava. Minha mãe perguntou o que aconteceu e expliquei o que acontecia todos os dias. Levei bronca. passei a levar biscoitos. E só. Minha mãe não deve ter entendido até hoje - falei com ela mas não lembrei de perguntar - que eu detesto café com leite.

Sonia H disse...

Georgia,

No meu tempo também era merendeira. E eu também adorava a hora do recreio.
Ah, bons tempos.
Boa semana para você e obrigada pela força!

João Menéres disse...

Que bem tu escreves as tuas doces lembranças de menina e moça!
É um prazer ler-te sempre que posso!

Um beijo.

Gisa disse...

Oi amoreko !! estou passando pra te dar um beijo de dia das mães, sentiu ai ? hehehhe

Felicidades ai com a familia.
bjsss

Giane disse...

Oi, Georgia!

A minha lancheira era em forma de elefantinho e também era cor-de-rosa.
Também adorava abrí-la, mas a garrafinha deixava o Q-suco vazar.
Bons aqueles tempos,viu?

Agradeço a rosa e que seu Dia das Mães tenha sido tão bom quanto o meu.

Beijos mil!!!

Bergilde Croce disse...

Eh,coisa boa era a hora do recreio e abrir a 'merendeira'(assim a gente ainda hoje chama lá no CE)com o biscoito maria e o leite com nescau.Saudade daquela época!Acredita que minha mãe ainda hoje guarda minha última farda(uniforme da escola) e lacheira,rss,acho que vai virar peça de museu!
Grande abraço amiga,
Bergilde

Bergilde Croce disse...

E obrigada pelo carinho das rosas,uma linda semana!

Mimirabolante disse...

menina,como sou velha!!!!a minha era de couro marrom,abotoada na frente e tinha uma garrafinha que entornava e a mamãe levava na mão com café com leite....srsrsrsr....que memória que vc nos traz.....amei o bouquet de flores....obrigada....espero que vc tbm tenha tido um dia muito feliz!!!bjcas
obs:o livro que eu ganhei,meu genro pegou,está lendo e adorando.....

Anunciação disse...

Obrigada pelas flores.Eu tive merendeira e as merendas eram mais ou menos como as suas;boas lembranças.

Marco disse...

Eu tive um lancheira, era aquelas caixinhas de plásticos com aquela tampinha arredondada com um buraco para colocar uma garrafinha com suco. Minha mãe colocava bala, chocolate, biscoitinhos e lanche. As vezes aparecia uma fruta que eu sempre dava pra alguém. kkkkkkkkk
Grande abraço

Ps. Estou bravo com você. (brincadeirinha)Seu email fez a Lu chorar ontem. Não diga pra ela que eu te contei isso.

Fernando Zanforlin disse...

A hora de abrir a merendeira é o melhor, até hoje abuso do leite, banana e bolachas maizena, aprendi aos 5,6 anos.
Depois muito mais tarde, gostava de "aliviar" as enormes barras de chocolate que o Caiuby trazia, o Scarpa vigiava e eu "emprestava" isso no Dante Alighieri, os 60.
bons tempos
Abs.