Você faz toda a diferenca!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Ciúme ou falta de confianca?

Carola viveu na prostituicao durante 11 anos e por conta engravidou de um cara que ela nao sabe quem é o pai da crianca que hoje está com 13 anos. Você já ouviu algo assim? Pois é, por aqui isso também existe. Nao é só no Brsil que as meninas engravidam e nao sabem quem é o pai da crianca.
Há 8 anos ela conheceu Mathias e eles desde entao vivem juntos, ela largou, claro a profissao e com ele teve dois filhos. Ela é uma mulher bonita e ele também. Super carinhoso com ela e com as criancas. Um cara pé no chao, uma gracinha mesmo.
Ele quer se casar mas ela estraga tudo por causa do seu ciúme doentio.
Ciúme ou falta de confianca?
Ela já o deixou na porta do cartório e a mae dela teve que ir lá avisá-lo que ela estava tendo uma crise e que nao ia se casar. Ele, bonzinho e apaixonado que só procurou ajuda dos psicólogos e o caso deles foi levado à Tv como um caso de superacao.
Ela nao podia vê-lo conversando com nenhuma mulher que ela entrava em crise;
Ele nao podia dar uma informacao que se ela visse ela saía do lugar onde estivesse e sumia.
Com certeza o mundo da prostituicao que ela viveu deixou marcas terríveis.
Foram meses e meses de trabalho com os psicólogos, paciência e amor da parte dele e muita paciência da mae dela também.
Eles se casaram na semana passada e ele abracou a sogra dizendo que acreditava que ela dera o primeiro passo para confiar no ser humano.
A vida deixa marcas. Em algumas tao profundas que nos tornamos um verdadeiro ourico quando alguém quer se aproximar. Como a Bíblia diz: O AMOR, é maior que tudo e vi que neste caso Mathias tem um amor enorme por Carola.

*Nomes fictícios, caso verdade.

Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

27 comentários:

Tucha disse...

O cuíme muitas vezes é patológico mesmo, dificuldades com a auto estima. Espero que o casal supere e possa ser feliz.

Chica disse...

Que pena se o ciúme interferir na felicidade do casal,né? Triste !beijos,chica

ematejoca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jens disse...

Oi Georgia.
Acredito que o ciúme sempre tem a ver também com doses menores ou maiores de falta de confiança (quem, entre nós, não a vê titubear de vez em quando?).
Que bom que Carola e Mathias venceram o primeiro obstáculo à sua felicidade.
Vou pensar que serão felizes para sempre. Renitente, faço questão de acreditar em contos de fadas.
Beijo.

Lúcia Soares disse...

Oi, Georgia.
Interessante no caso é que ele deveria ser o ciumento, né?
Acho que, antes de ser ciúme, o que ela tem é um medo enorme de que ele a deixe, mesmo com todas as evidências do amor que ele tem por ela. Tomara que ela consiga se encontrar e que sejam muito felizes.
Ele é um exemplo de gente que é verdadeiramente GENTE!
Bj

Jaque Gonchoroski ઇ‍ઉ disse...

Olha, eu acredito que somente o amor verdadeiro consegue coisas que parecem impossíveis.

Esse tipo de ciúme é prejudicial, mas ela com todo o passado teve experiencias que a fragilizaram. Mas o amor surgiu e foi capaz de muda-la.

Um beijo!

Pedrita disse...

é difícil lidar com o ciúme qd há um histórico e principalmente quando se é muito jovem. mas como diz uma amiga, precisamos aprender a lidar com o ciúmes pq faz mal a todos q estão a nossa volta. beijos, pedrita

Gisa disse...

Eita !! que complexo falar de ciumes... vida... prostituição... amor ! tudo isso junto então...

É miga, o ciumes é mesmo um sentimento terrível, pode ser insegurança ou doença, tanto faz, com certeza é doloroso.

MAS, o nosso amigo "amor" sempre salvando a pátria não é ? e viva o amor !

Allan Robert P. J. disse...

Não sei se chamaria de ciúmes o que ela sentia. A possessão deveria ser sintoma dos traumas da vida que ela levava antes. A insegurança, o medo de não conseguir uma relação duradoura só podem ser combatidos com muita paciência a amor. Ela não casou, ela encontrou um anjo e ainda não se deu conta.

Mi disse...

o mais interessante na historia é que ela tinha ciumes...eu pensei que seria mais facil o namorado ter ciumes, ja que sabia do passado dela. Mas realmente ele tem que amar muito ela pra 1. superar o passado, 2. ter paciencia no presente. Acho que só muito trabalho psicologico mesmo pra desfazer esses traumas. bjs!

Ana Laura disse...

Para mim o ciùme nada mais é que à falta de confiança!!

E o fato dela ter sido prostituta nao justifica! isso que ela tem é doença e nao ciùme! e ela nao ama ele de verdd! Pois o amor nao arde em ciùmes! O Amor é bom!

bj

nelma caetano disse...

ela tem que meter na cabeça que a prostituição foi passado agora ela esta numa nova fase da vida dela.
o que ela tem que fazer se deixar ser amada e trasmitir um amor sadio e tranquilo ao parceiro

Bergilde Croce disse...

Georgia,não sei se é porque não consigo conceber o ciúme como parte do amor que para mim nada justifica essa sensação.Abraços,Bergilde

Camille disse...

Ola Georgia,
As pessoas que tem um historico de muita perda de parentes ou rejeiçao deles, acaba com a noção de que nao pode ser amada de verdade, nao merece isso. Por que com a rejeição se aprende esse sentimento. Posso imaginar que uma pessoa que abraçou a prostituiçao como forma de ganhar a vida, tenha tido motivos dessa ordem para escohler tal coisa, onde a baixa auto-estima é quase uma prerrogativa, por que vender o corpo para qualquer um nao deve ser nada facil. Enfim, historia bacana essa, cara legal, tomara que tenha um final feliz.
Beijos da Cam

sonia a. mascaro disse...

Georgia,
Essa moça passou por tanto sofrimento... Foi mesmo uma felicidade encontrar um amor que abre para ela as portas de uma nova vida. O papel da mãe (da sogra) foi muito importante.
O ciúme é sempre um péssimo conselheiro!

Beijos e um ótimo dia!

Albuq disse...

Georgia, que história? exemplo de vida!

Ciúme ou falta de confiança? boa pergunta! Acredito que ciúme é proveniente da insegurança e a falta de confiança já está dizendo. Mas, ao ler a história fiquei pensando de forma muito específica, tendo em vista a história de vida de Carlota, marcada por uma vida a margem, onde não existia confiança, segurança, amor...

Talvez ela nem tivesse forças de acreditar, porque quando a gente sofre, leva muito tempo para a cicatrização, muito tempo para está tudo fechado, para que possamos arriscar de novo.

Somos feito passarinhos, quando muito presos, não conseguimos mais voar, só depois de muito tempo.

Ela realmente deu o primeiro passo ao aceitar, e tenho certeza que será muito feliz.

lindo texto!
bjs

Mylla Galvão disse...

As vezes o ciúmes destrói belas amizades e grandes amores...
Um pouco serve para temperar a relação, mas tudo que é demais estraga né?
E essa vida é mto judiada viu?
Eu tenho uma amiga que é "mulher da vida" e eu sei como a vida dela é sofrida!
Olha a blogagem vai rolar esse fim de semana... Para vc eu deixo ser uma novela q te marcou, mas gostaria de contar com a sua presença... Vc vai?
Passa no Ideias!!!

bjo grande!

Dalva disse...

As marcas ficam... traumas não desaparecem da noite para o dia,mas é preciso orientação para poder conviver com eles, de uma forma saudável. É difícil, mas para o Amor nada é impossível: é o melhor remédio.

Beijos, Georgia!

Celia Rodrigues disse...

É importante observarmos isso, as pessoas não agem de determinada forma sem que haja um motivo. Sempre há uma motivação para o ciúme, para a desconfiança, para a insegurança, para a frieza, e tantas outras atitudes que temos ou que nos falta. E é muito legal quando encontramos alguém disposto a ajudar na superação disso.
Bjo!

Lunna disse...

Não sei, realmente. Esse negócio de cíumes é um porre, não tenho paciência e não sei dizer a origem e olha que eu estudei psicologia. Mas acho que as pessoas são ciumentas porque se preocupam demais consigo mesmas e menos com o outro.
Enfim, sorte que o cara em questão tinha paciência. Eu a teria mandado passear. Bacio carisssima

Maria Augusta disse...

Georgia, acredito que ela tenha esta falta de auto-confiança porque devido a seu passado não se sente merecedora do amor dele, acha que ele vai se interessar por outras. Como você disse, a vida marca e estas feridas da alma são sempre mais difíceis de curar, ainda bem que ela encontrou alguém que soube ultrapassar tudo em nome do amor.
Lindo post, parabéns!
Um grande beijo.

Barbie Girl disse...

É Georgia,

quem tem amor, tem tudo!

beijos

Sonia H disse...

Georgia,
Ciúme em excesso é doença. É difícil dizer se este ciúme excessivo tem a ver com o fato dela ter sido prostituta ou se é uma característica dela mesmo.
Mas o amor - ah esse sim, o amor é maior que tudo!
E eu desejo que os dois se acertem e sejam felizes.
Beijos,

Flavita disse...

Assim... Cada caso é um caso, o fato é que de qualquer forma o ciúme demasiado como quase tudo na vida em excesso, acaba se tornando nocivo...
Achei muito bonito no relato, a paciência do rapaz e o cuidado em saber se tratar de algo alheio a ela... Em geral, as pessoas fogem desse tipo de situação.
Espero que ela consiga viver em equilíbrio por muitos anos ainda...
Bjs no Core!

Ivana disse...

Noosa, Georgia, que história!
Eu não tenho a menor dúvida de que o ciume é iversamente proporcional a auto estima: quanto maior o primeiro, menor o segundo...
Muita terapia nessa hora...
Beijos!

Eduardo P.L disse...

Ciúme é falta de confiança!

Cris Caetano disse...

Concordo com a Ivana, já soube de mulheres que passaram a ser ciumentas em função da relação que levavam com o parceiro, a auto estima que já não era muito grande foi por água abaixo e depois só mesmo com terapia pra arrumar a bagunça.
O caso da Carola ainda é mais problemático, e é de falta de confiança, porque ela perdeu toda no ser humano. Mas como a vida sorri pra quem merece, não é mesmo? O amor verdadeiro está demonstrado na atitude do namorado dela. Que sejam muito felizes.

Beijinhos