Você faz toda a diferenca!

domingo, 2 de maio de 2010

Bolsas Contaminadas e vasos com terra

Nós mulheres adoramos uma bolsa. Mas nós também a deixamos em qualquer lugar que vamos. Colocamos nossas bolsas no chao, nos escritórios, pisos dos carros, carrinho do supermercado, nas pias dos banheiros públicos, e depois a trazemos para a mesa nos restaurantes. Há até quem chega da rua e a primeira coisa que faz é por a bolsa em cima da mesa. Ai,ai,ai, que essa mulher nao pensa nem um pouquinho diria o meu marido.
Conheco gente que joga a bolsa no chao para abracar os filhos, para abracar alguém quando visita. No mesmo lugar onde se anda com os sapatos, no mesmo lugar onde o cachorro ou gato também andam. E depois trazemos a bolsa para a mesa...
Eu sou tao chata com determinadas coisas que até flores no vaso com terra eu nao uso como decoracao na mesa. Tem gente que tem mania de enfeitar a mesa com aquelas lindas violetas. Você já pensou no preparo que aquela terra recebeu para que a planta fique produtiva? Você sabe lá que merda de boi eles usaram e você coloca isso na mesa? Já imaginou as bactérias voando por ali? Diretamente para o seu prato?
Muitas vezes nem é a comida que comemos que está nos fazendo mal, mas o que carregamos e pomos na mesa.
Leiam isso agora com atencao:
A microbiologista Amy Karen, do Nelson Labs, diz que quase todas as bolsas que foram testadas não só apresentaram níveis elevados em bactérias, mas ricos em espécies de bactérias nocivas. Pseudomonas que podem causar infecções oculares, Staphylococcus aureus que podem provocar infecções cutâneas graves, e as Salmonelas e E-coli encontradas nas bolsas podem causar doenças sérias. Em uma amostragem, quatro das cinco bolsas apresentaram testes positivos para as salmonelas, e isso não é o pior. "Há coliformes fecais nas bolsas" Quase vomitei quando li isso.
A bolsa de uma pessoa solteira que freqüenta boates, bares, clubes, motéis tem uma das piores contaminacoes.
Pois, a bolsa foi colocada onde outras pessoas andaram, sentaram, espirraram, tossiram, cuspiram, urinaram, defecaram... melhor eu parar por aqui.
Sua bolsa nao vai te matar, mas ela tem o potencial de fazer você ficar muito doente se você mantê-la em lugares onde você come. Pesquisa feita AQUI.

Fazendo parte do Ecological Day promovido pela Sonia Mascaro.

Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

29 comentários:

João Menéres disse...

Quem pensar um pouco, passará a ter mais cuidado com o modo como usa e pousa a sua bolsa.
Muito pedagógico, GEORGIA!
Gostei destas reflexões.

Um beijo.

Camille disse...

Ola Ge0rgia,
Voce esta muito linda emtodas essas fotos, uma menina.
Entao esse assunto das bolsas eu nunca tinha parado para pensar nisso ate receber um e-mail de uma amiga falando desse assunto. FIquei chocada, por que eu nao colocava bolsa na mesa, em compensação eu que nao sentava na minha cama nem na de ninguem com roupa da rua, nem que fosse em cima de uma colcha que vai ser retirada para dormir, tascava a bolsa em cima da cama. O e-mail da minha amiga nao falava desses lugares como possibilidade de sujar a bolsa. Mas lendo seu post lembrei de todas as vezes que ja deixei minha bolsa em cima da pia de banheiros de shopping, que eu tenho o maior nojo de encostar em tudo e no entanto achava que a bolsa era "impermeavel". Realmente imporante alertar sobre essas coisas. Alias, voce da otimos alertas. Aquela historia do menino com a cabeça para fora do onibus, dei uma "aula" para minha filha sobre isso, para prevenir por que ela vai pegar umonibus no caping que a escola faz todo ano. Ai Jesus! Detesto esses passeios!
Beijos da Cam
ps- bonitinha mesmo a bolsa da foto..

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Muito bom seu alerta! Colocar uma bolsa em todo canto (até no banheiro)e depois deixá-la em cima da mesa é pedir para que as bacterias façam moradia.

Aqui no Japão vendem lenços umedecidos para esterilizar bolsas, carteiras e celulares. Dizem que chegam a ter mais bactérias que um vaso sanitário!

Excelente post.Bom domingo pra vc e sua família Deus abençoe muito a vcs

Gisley Scott disse...

Geórgia,
valeu o toque!!!
Talvez eu precise comprar uma bolsa nova depois dessa hahahaha!

Bjos

Ivana disse...

Georgia, eu vi uma reportagem que passou no Fantástico sobre este assunto das "porcarias" que carregamos junto com a nossa bolsa. E é verdade, vamos largando em qualquer lugar e nem nos damos conta do cuidado que deveríamos ter!
Um beijo!

Bel disse...

Não sei se eu morro primeiro de medo ou de nojo... acho que vou mesmo é comprar uma bolsa nova e NÃO COLOCÁ-LA NESSES LUGARES!!!

Bjoooo

(Faltam quantos dias, mesmo???)

Ana Laura e Luísa Bahia disse...

Bolsas sao como pessoas que nao tm lugar mas que se for pensar sao indispensaveis! adorei muito aqui, muito lindo e reflexivo

Maria Augusta disse...

Georgia, é mesmo, não tinha pensado nisto. O problema também é que ela é difícil de limpar corretamente, porque em geral é de couro. Este teu post me lembrou algo que li outro dia sobre os amendoins e outras guloseimas que são servidos em coquetéis, foram analisados e foi encontrada uma quantidade enorme de coliformes fecais naqueles potinhos onde todo mundo põe a mão...nunca mais comi nada deste gênero em festas ou lugares públicos rs. Um outro problema são as maçanetas das portas, são cheias de micróbios...
Beijos para você e um bom domingo.

Allan Robert P. J. disse...

Não uso bolsas, mas implico muito com minhas filhas para que elas não deixem nunca as bolsas pelo chão. Minha esposa prefere continuar carregando a bolsa que apoiá-la no chão. A idade é o melhor professor. :)

Eliane Pechim disse...

Ai, que nojo! Eu tambem sou muito cuidadosa com o lugar onde coloco minha bolsa, principalmente em lugares outros que nao a minha casa.

Mel disse...

Eu sou muitooooo chata com isso, ainda mais porque quase todas as minhas bolsas são de marca. Acho que que está realmente suja é à que levo para a escola. Porque nem sempre da para pendura- la. Mas vc tem dica como limpar uma bolsa de couro?

sonia a. mascaro disse...

Georgia,
Excelente alerta neste post para o Ecological Day!
Penso da mesma forma que você. Em relação à bolsa, sempre limpo o fundo da minha bolsa, mesmo não tendo o hábito de colocá-la no chão. Quando é de plástico ou sintética (a maioria das minhas) passo alcool no fundo e na alça.

Sou muito enjoada para mil coisas, e também não como esses salgadinhos que já vem fora do saquinho nas mesas, como alertou a Maria Augusta.
E tem mais uma coisa que faço, quando vou a um restaurante, vejo se o banheiro se é bem limpo, se não for, ou vou embora do restaurante ou nunca mais volto. Pois se o banheiro é sujo, a cozinha e a limpeza em geral certamente também são.

Você conhece o Dr. Bactéria, o biomédico Roberto Figueiredo? Ele costuma fazer reportagens para o Fantástico, alertando para a limpeza dos alimentos em geral. Tem gente que o acha chato, mas eu acho ótimas as suas reportagens.

Obrigada por sua excelente participação!!
Beijos e um ótimo Domingo.

Cadinho RoCo disse...

É preciso ter um mínimo de cuidado sim, para que não sejamos surpreendidos pelo que depois dará trabalho enorme para se chegar ao caminho da cura.
Cadinho RoCo

Lulu on the Sky® disse...

Inclusive já passou uma reportagem dessas aqui no Brasil sobre o assunto. Big Beijos

Chica disse...

Havia lido sobre isso e fiquei impressionada.É uma grande verdade.Linda partipação!beijos,chica

Poesia do Bem disse...

OI GEORGIA COMO VAI? SAUDADES
MENINA EU VI UMA REPORTAGEM FALANDO DISSO NO FANTÁSTICO, POIS EU JÁ ME PREOCUPAVA DE DEIXA R A BOLSA EM CIMA DE MESA AGORADEPOIS DISSO NÃO DEIXO, QUANDO SAIO E VOU ALMOÇAR NUM RESTAURANTE OU SHOPPING CONFESSO: COLOCO NO COLO EM VEZ DE COLOCAR O GUARDANAPO, MAS NÃO ARRISCO, NO CHÃO NEM PENSAR, NA MESA D ETRABALO NA ESCOLA AO CHEGAR LIMPO E DEPOIS COLOCO, SOU MEIO PREOCUPADA SABE COM ASSUNTOS LIGADOS A BACTÉRIAS, MESMO SABENDO QUE ESTAMOS CERCADO POR ELAS FICO LIMPANDO TUDO. ÓTIMA DICA, BJS E VENHA ME VISITAR, SAUDADES.

Bergilde Croce disse...

Georgia,objetos como as bolsas são mesmo grandes veículos de contaminação,por isso mesmo devemos estar atentas aonde vamos e onde as deixamos,muito boa refexão!
Abraço grande e boa semana pra você também!

elvira carvalho disse...

Neste dia que em Portugal se festeja o dia da mãe, venho deixar de abraço de muito carinho e saudade.
Um abraço e uma boa semana

Regina Coeli Carvalho disse...

Goergia,
Eu sou bolseira, rs, tenho mania de bolsas mas também sou altamente cuidadosa com elas. Diariamente arrumo e limpo a bolsa e se troco-a por outra aquela fica na área de serviço pegando ar.
Outro hábito que tenho há muitos anos, não coloco de jeito nenhum bolsa sobre a cama.
Bom domingo.
bjs.

Dalva disse...

Quem diria, hein??? Quanta contaminação pode vir da nossa bolsa. Eu também costumo ter cuidado, nunca coloco a bolsa no chão, menos ainda sobre a cama ou sobre a mesa. Depois de ler este post vou ter mais cuidado ainda.

Bjs.

Gisa disse...

Caramba !! eu não sabia da gravidade do problema, ótima postagem e alerta.
Ficarei mais atenta com certeza.
bjaaooo

Albuq disse...

Oi Georgia!

Menina, sempre tive maior cuidado com bolsa, porque costumo guardar em meu quarto, aí fico pensando, o que eu levar pela bolsa, vai para o meu quarto, consequentemente prá mim... mas, confesso que não tinha idéia do quanto era fruto de contaminação. Terei mais cuidado ainda!

Ótimo post, admiro demais seus posts e essa preocupação social, muito legal mesmo! bjs

Jaque Gonchoroski ઇ‍ઉ disse...

Parabéns Georgia. Você sabe que eu nunca tinha parado pra pensar nisso? Eu sou meio desligada mesmo. Meu marido é que pega no meu pé rs

Ah! Muito lindo o novo layout do blog!

Beijos e boa semana :)

Cadinho RoCo disse...

Já de volta.
Cadinho RoCo

Jens disse...

Abaixo as bolsas!
Abaixo as violetas!

Beijo, Georgia.

Vanessa disse...

Georgia, seu post é muito válido e recentemente o programa Fantástico da rede Globo apresentou uma pesquisa científica sobre o assunto.

Estou aqui tb para convidá-la a conhecer meu novo espaço virtual. http://maeetudoigual.com.br.

bjs

Lunna Guedes disse...

Ok, eu vou confessar que eu era muito mais feliz antes de ler o seu email. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Gente, e eu que achava que era insana. kkkkkkkkkkkkkkkkk
Sério, sou super chata, não tenho bolsa, não suporto bolsa, odeio bolsa, mas tenho mochila e vivo com elas nas costas. Sério. Não ponho no chão, nem na cama, quando muito numa cadeira. E olha lá, depende da cadeira também. rs
Bacio carissima

Tina disse...

Oi Geórgia!

Eu também sou chata com bolsa: além de só trocar de bolsa 2 vezes por ano - isso mesmo: uso uma de janeiro a junho e a outra de julho a dezembro! - eu não deixo em qualquer lugar, detesto deixar em cadeiras ou qualquer outro lugar estranho. Em casa tenho uma cadeira logo na entrada que é o "depósito" da minha bolsa e de mais ninguém... rs

beijos querida e boa semana,

PS: Ando sumida, mas é por conta dos pequenos por aqui. Logo estarei de volta.

Marco disse...

A Lu tinha me falo desse post e até comentamos aqui sobre as bolsas. Minha irmã tem mania de fazer isso. Vai abraçar alguém, larga a bolsa no chão, em cima da mesa e um dia a Lu reclamou com ela, foi uma encrenca e olha que ela é Diretora de um Posto de Saúde. Ficou brava, disse meia dúzia de impropérios, mas tirou a bolsa de cima da mesa e a Lu foi lá e arrancou a toalha, os talheres, os pratinhos, as xícaras e pôs tudo pra lavar. Minha irmã ficou uma arara com ela.
Vou enviar o link do seu post pra ela. Grande abraço