Você faz toda a diferenca!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Quem inventou o semáforo?

A palavra vem do grego antigo "Sema e Phoros", significa para transmistir mensagens por tabuletas.
Foi nas esquinas movimentadas de Londres mais de mil anos depois que os semáforos comecaram a ser usados. Eles eram um tipo de lanternas verdes e vermelhas que eram manuseadas por policiais onde organizavam o trafégo das carruagens e também dos pedestres. Era um levanta e abaixa lanterna sem parar. Mas foi em 10 de dezembro de 1868 em Westminster por J.P.Knight engenheiro em assuntos ferroviários que os semáforos comecaram a ter cara de semáforos. Este por exemplo tinha dois bracos móveis que se puxados se movimentavam por cabos por alguém que ficava numa torre. Muito parecido com que já existia para os ferroviários. Continha 2 lâmpadas de gás uma vermelha e a outra verde, mas em 1869 houve uma explosao matando um policial e tudo foi retirado. Somente em 1914 na cidade de Cleveland, Estados Unidos o semáforo voltou a ser utilizado e com luz elétrica. A invencao do semáforo bicolor é atribuida a Leste Wire um policial de Salt Lake City. A luz amarela foi em 1917 acrescentada pela primeira vez em Detroit e 10 anos depois nesta mesma cidade o primeiro semáforo automático. Garret Morgan um afro-americano foi quem inventou o sistema automático de sinais em 1923, e depois vendeu os direitos à General Eletric.

Curiosidades: As 3 cores sao u-ni-ver-sal-men-te aceitas, por quê?

. A cor vermelho representa na natureza a cor de aviso, perigo.
. O maior contraste com o vermelho é a sua cor oposta, verde.
. A cor vermelha está em todos os países acima ou à esquerda, por um grave e grande motivo: para os daltônicos nao a confundirem achando que é verde.

Vocês sabem o que é um Semáforo Analógico?
Ele existia nos cruzamentos em Melbourne e servia para indicar o tempo faltante para a mudanca de sinal. Hoje existem alguns sinais onde se utiliza o amarelo para alertar que o sinal ficará vermelho ou verde. Cliquem na imagem esquerda e veja que beleza.
À direita da tela do PC um sinal com alto falante para os pedestres cegos.
As informacoes para este post foram retiradas DAQUI.

Este post faz parte do Ecological Day promovido pela Sonia Mascaro.
Venha você também fazer parte deste movimento. Clique Aqui e avise a sua participacao.
E hoje tem post no Blog do Movimento Natureza, um post muito interessante sobre o lixo nas praias. Clique no nome.


Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

31 comentários:

Pedrita disse...

é estranho como hj nos acostumados com os semáforos e nem pensamos em como é difícil operá-los. tem cidade que chama de sinaleiro. beijos, pedrita

Sonia H disse...

Muito legal, Georgia,
Aprendi algo novo. Engraçado que nós no RJ o chamamos de sinal de trânsito.
Beijos,

João Menéres disse...

Não conhecia NADA sobre a história dos semáforos.
Muitointeressante a ideia que tiveste, GEORGIA!

Um beijo.

Anunciação disse...

Aqui em São Luis,ao lado do semáforo,existe a contagem de segundos que faltam para fechar.

Diego Borges disse...

kkkkkkkkkk Aqui em imperatriz vez por outra o amarelo fica piscando. É um Deus nos acuda.
Muito obrigado pela informação querida. Um grande abraço :) !!!!!

Gisa disse...

muito legal sua postagem flor, qualquer hora dessa passarei lá no Ecological Day pra conhecer melhor.
bjss

Bergilde Croce disse...

Muito interessante Georgia e eu que tive que refazer minha patente de motorista por aqui também, nunca havia pensado na origem do semáforo e das cores escolhidas,mas é muito bom aprender sempre!Ah,uma curiosidade:em Torino estão
substituindo os semáforos em muitos cruzamentos por blocos redondos de cimento('rotonda')-desconheço o termo mais adequado em português.

Chica disse...

Lindo e interessante teu post.Bom saber1beijos,chica

Teresa disse...

Muito interessante toda essa informação sobre a história dos semáforos. É bom saber de onde vêm as coisas.
Bjs
(Obrigada pelo alerta!)

Andréa Motta disse...

Menina, eu não sabia nada sobre os semáforos; adorei saber que a disposição das cores é em função dos daltônicos, mas eu gostei mesmo do que vi em Campos do Jordão (SP). Aliás, o que eu não vi: não vi semáforo por lá. Povo educado faz assim: o pedestre para na faixa e os automóveis cedem a passagem.


Eu vim mesmo responder seu comentário lá no Leio: eu não estou sumida;ainda estou de férias! Parece que não visito os amigos, mas estou sempre por aqui, nem que seja de longe , lendo via Reader.

Beijos e obrigada por ser preocupar comigo (Sabe que, às vezes, as amizades virtuais são mais atentas do que as reais?).

Maria Augusta disse...

Georgia, interessante saber porque as cores dos semáforos são universais, os outros sinais de tráfego também deveriam ser. Não me esqueço quando estive em Nancy pela primeira vez e um colega brasileiro ao ouvir o semáforo que "fala" ( "Pedestres, esperem!" ou "Pedestres, atravessem!") para ajudar os cegos disse : "Quando eu chegar lá no Mato Grosso e disser que aqui nesta terra os postes falam ninguém vai acreditar rs!
Um beijão e parabéns pelo post.

Ann disse...

Oi Georgia,
Nao tinha ideia e nunca nem tive curiosodade de ler sobre a origem dos semaforos..bem bacana teu texto!
bjs

Dalva disse...

Um posto muito criativo! Muito interessante, mesmo. Quanto aos semáforos analógicos, aqui na Tijuca temos aqueles que funcionam acoplados a um mostrador luminoso em contagem regressiva para a mudança de cor! A idéia do alto-falante é ótima, e deveria ser usada em todos os lugares para os deficientes.

Bjs.

P.S. Quanto ao post da "Pesca do Dia", lá do Infinito, fica a vontade para divulgar onde quiser e precisar!

Marco disse...

Já tinha lido a respeito dos semáforos e acho que foi há anos atrás (não vamos dizer a quantidade de anos pra não ficar chato demais) mas dá pra dizer que eu ainda estava no colégio e por aí já se dá pra fazer uma idéia sobre isso.
Aqui em São Paulo temos o semaforo com contagem regressiva e eu acho bem prático para atravessar as ruas, mas só em alguns pontos o vi até agora.
Abraços e boa semana

sonia a. mascaro disse...

Que interessante, Georgia, a origem da palavra semáforo! Gostei de conhecer a simbologia e a história dos semáforos, que em São Paulo as pessoas chamam de farol.

A respeito da simbologia das cores, tenho um livro super interessante chamado Dicionário das Cores do Nosso Tempo, de autoria de Michel Pastoureau, que destaca o importante papel desempenhado pela cor nas sociedades contemporâneas.

Ótimo post e obrigada por participar do Ecological Day e dar o meu link.
Beijos.

tata_allstar disse...

Oi querida, tem um selo para você no meu blog!

Espero que goste!
Um beijooo!
:*

Sonho Meu disse...

Interessante ...
E a gente que vive na modernidade dos dias de hoje, nao sabe que o caminho foi longo aé aqui ne mesmo?
O condado que moro aqui nos states é otalmente monitorado por cameras e semaforos super hightech e a central fica num grande centro onde as monitores estao sendo assistidos por diversos tecnicos de engenharia do transito...coisa super hiper sofisticada. qualquer deslize dos motoristas infratores nao escapa. Ate eu que tomo o mior cuidado com o limite de velocidade e que nao excedo o limite, já fui multada com foto e tudo. Mas aconteceu so uma vez e de la pra cá to mais alerta que nunca com as plaquinhas ao longo do caminho.
bjs.

Sandra disse...

Muito interessante este seu texto. Não conhecia este semáfaro.
Cliquei mas não deu certo..rsrsr
Vou verificar o blog de indicação.

Amiga,
Desculpe, a demora para retribuir o meu carinho, mas as vezes, não conseguimos vim, como planejamos. Mas acredito que o importante é estarmos presente.

As amizades verdadeiras, são como árvores, com raizes profundas.
"Um sorriso é a distância mais curta entre duas pessoas".
Por isso venho trazer o meu sorriso, o meu carinho e a minha amizade, mais sincera.
Pois nos tornamos, amigos por este meio tão virtual, mas tão caloroso, pelos recadinhos que são deixados.
Muito obrigado pelas suas doces visitas em todos os meus blogs.
Fico sempre muito feliz com a sua presença.
Um grande abraço.
Sandra

Bete disse...

Ola querida
Sempre aprendendo com voce.
Ja estou trabalhando, porem sem ânimo para postar. Todavia estou sempre visitando os amigos, incluindo o Saia Justa.
Voltarei em breve.
Obrigada pelo carinho

Chris Rodrigues disse...

Sempre coisa boa por aqui...saudadesss

Quase Blog da Li disse...

Bárbaro Geórgia!!!
Muito legal saber acerca dos "faróis",
rsrsrs
ou
"semáforos"...
Lembrei dos semáforos em Madrid que tem um pássaro cantando, piando, enfim,
quando o pio vai se espaçando sinal que o farol fica vermelho.
A primeira vez que escutei, estava com meu marido, a noite, em Burgos e ficamos a procurar o tal "pássaro cantor noturno".
Ah...recuerdos!

Küsse

Mylla Galvão disse...

Ei Geórgia...
Olha gostei mto de seu post!!!

Vimn te convidar para a minha blogagem de carnaval... Dia 10-02, no Ideias! Passa lá para conferir!

bjão

Sonia disse...

Ai, ai, sou do Rio. Chamar sinal luminoso de semáfoo até me arrepia.

Izabel disse...

Naa cidade onde nasci, no extremo sul do Rio Grande do sul, até hoje só existe um semáforo.

Aqui, em Pelotas/RS chamamos de sinal.

Engraçado, nunca me passou pela cabeça, saber quem inventou o semáforo. Adquiri um pouco mais de cultura.

Bah! Já é manhã na Alemanha e eu, insone, ainda não dormi.

Bom dia, para você!

Poesia do Bem disse...

Oi amiga saudades! Aprendi muito.Vim aqui dizer que andei sumida pois estava de férias no Nordeste Brasileiro.Voltei e espero vir mais vezes aqui.Espero vc no Poesia do bem, bjs e confira presentes que ganahmos .

Georgia disse...

Obrigada a todos pelos comentários.

Deusa disse...

Rindo aqui e imaginando o tráfego das carruagens...rsrs
Fantastico , viu?
Adorei
Abraço carinhoso

Deusa disse...

Rindo aqui e imaginando o tráfego das carruagens...rsrs
Fantastico , viu?
Adorei
Abraço carinhoso

Deusa disse...

Rindo aqui e imaginando o tráfego das carruagens...rsrs
Fantastico , viu?
Adorei
Abraço carinhoso

Deusa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Izabel disse...

Os antigos sacerdotes israelenses, usavam no peito uma placa com pedras vermelhas, verdes e amarelas e quando entravam em uma câmara chamada santo dos santos para consultar sobre alguma cousa que quizessem ou fazer alguma petição a Deus se a pedra verde acendesse queria dizer que Deus estava de acordo, caso a vermelha se acendesse queria dizer que aquilo não era de seu agrado e quando a amarela acendia era sinal de que eles de viam ficar atentos. Como a Bíblia foi escrita muito antes da invenção dos semáforos, acredito ter vindo dela a inspiração para a criação deste sinal. Leiam a Bíblia, vcs vão descobrir coisas incríveis que jamais imaginaram conhecer e como naquela época seus escritores já sabiam que a Terra era redonda(livro de Isaías) e que o centro dela ardia em chamas? Coisas que só Deus mesmo pra revelar.....