Você faz toda a diferenca!

segunda-feira, 13 de abril de 2015

7° Semana a - O desafio de Amar - O Amor acredita sempre no melhor

7° Semana - O desafio de Amar -   O Amor acredita sempre no melhor

 O amor tudo crê, tudo espera. - 1 Coríntios 13:7

Nos corredores profundos e secretos do nosso coração, existe uma sala. Ela é chamada de Sala da Admiração. É para esta sala que vão os seus pensamentos quando você se depara com coisas positivas e encorajadoras a respeito do seu cônjuge. E com freqüência, você gosta de visitar esse lugar especial. Nas paredes estão escritas palavras gentis e frases que descrevem bons atributos do seu esposo ou da sua esposa. Elas incluem características como "honestidade" e "inteligência", ou frases como "trabalho diligente", "comida maravilhosa" ou "olhos bonitos". São coisas que você descobriu sobre seu marido ou sobre sua esposa que ficaram gravadas em sua memória.

Quando você pensa nessas coisas, a admiração que você tem pelo seu cônjuge começa a aumentar. De fato, quanto mais tempo você passa meditando nesses atributos positivos, mais grato você é pelo seu marido ou esposa. A maioria das coisas da Sala da Admiração foi escrita nas fases iniciais do seu relacionamento. Você as resumiria nos aspectos que gostava e respeitava em seu (sua) amado (a). Elas eram verdadeiras, honrosas e boas. E você passou um bom tempo habitando com elas nesta sala... Antes de se casar. Mas, você deve ter notado que não visita essa sala especial com tanta freqüência como fazia no passado. Isso acontece porque existe outra sala competindo com esta. Mais adiante, outro corredor do seu coração leva à Sala da Depreciação e, infelizmente, você visita esta sala também. Nas paredes deste cômodo está escrito aquilo que seu cônjuge faz que lhe deixa chateado e irritado. Essas palavras foram escritas lá como resultado de frustrações, sentimentos feridos e expectativas não correspondidas.

Um comentário:

Nidja Andrade disse...

O amor é um misto dos dois na minha modesta opinião, é um sonho que a gente pode vivenciar, tornar realidade. Claro que com suas nuances...O amor inegavelmente é uma coisa muito boa. Eu, ao menos, não consigo viver sem ele na minha vida, nos meus sonhos, enfim, faz parte de minha essência.

AbraçO