Você faz toda a diferenca!

domingo, 10 de fevereiro de 2013

A geracao do Facebook cliquem em "curtir", " compartilhar"


Vejam só a foto que achei no Face e como estava com este post já programado prá hoje 
achei que tinha tudo a ver com o meu post.

Eu tenho  uma certa preocupacao com esta nova geracao dos "cliquem em "...
Eu penso que muita gente  no Facebook simplesmente clica em  "curtir" e em "compartilhar", automaticamente. Simplesmente porque achou a mensagem bonita, porque concorda, porque por uma fracao de segundos atingiu o coracao dela, essas coisas. 
Mas a realidade prá mim  é bem outra. 

Hoje em dia se alguém bater na nossa porta pedindo ajuda,  a gente diz que nao tem tempo. 
Às vezes é alguém bem pertinho da gente, nossa vizinha, alguém da família, nao estamos disponíveis.
Se for um desconhecido entao nem pensar, imagina que eu vou abrir a minha porta...preparar uma refeicao ou um sanduiche...para esta pessoa... Eu mesma nos dias de hoje, teria medo de abrir a minha porta para um estranho.

Sabe o que tudo isso me lembra? Aqueles dizeres de para-choques de caminhao. A gente lê e o caminhao vai embora levando a mensagem...

Nós estamos vivendo uma geracao onde achamos todas essas boas atitudes corretas, mas só prá clicar no Facebook  e tode nao passa dali. 
No convivio real estas pessoas sao intragáveis de se conviver.
Tem gente achando até que virou artista porque tem muitos amigos virtuais e ai sai contando no dedo as suas redes...na vida real, essas pessoas estao trancadas dentro de si.
Há aqueles que vivem escrevendo essas frases feitas de efeito. Eu corro disso e morro de medo de gente que vive dessas frases de efeito. Elas fulminam muitas das vezes um ódio que até Jesus sai de perto porque nao tem nada d'Ele. 
Há aquelas que clicam em curtir em: " Eu perdoo mas nao esqueco". Alô!!! Perdoar, significa: Esquecer. E sabe o que Jesus diz: Da mesma forma que você perdoa e nao esquece, assim também o Pai fará com você. Ah, que triste, Deus me perdoar e nao esquecer as coisas feias que eu faco. Mas é assim que está escrito... por isso pense antes de sair clicando nessas frases de efeito... 

Eu vivi uma situacao real com uma certa pessoa que adorava clicar em tudo que era frase de bondade e perdao e as coisas que sairam da boca dela em relacao a uma outra pessoa  onde nós duas éramos amigas em comum, foram as coisas mais terríveis que eu poderia ouvir. 
Pura fachada a vida dessa pessoa. Bonitinha, sorridente, boazinha, mas com umas palavras destilando veneno e uma falta de compaixao tremenda.

Mas sabe, é na realidade que podemos "compartilhar", é na realidade que ajudamos realmente  alguém   e  nao essa demagogia toda que anda rolando  lá..., no FB, (facebook).
Tenho muito receio dessa nova geracao que está cada vez mais distante de sua realidade, da realidade  do tocar as pessoas e fazer alguma coisa por elas.

Uma geracao de espelhos chamo eu. 
Espelho onde cada um só vê a própria imagem de si mesmo. 
Onde ela clica em "curtir" a si mesma...um triste retrato de si mesma.

23 comentários:

Milena F. disse...

Gostei muito da sua reflexão.
Todas essas frases de efeito e/ou lições de moral, quem as vive realmente? Gostei muito de uma mensagem que alguém compartilhou, era uma foto de um velório e 4 pessoas, um balãozinho saía de uma delas: "achei que teria mais gente, afinal tinha tantos amigos no facebook!"
Eu já prefiro usar o facebook para falar o que eu penso, o que eu sinto e o que eu vivo... ao invés de repassar mensagens impessoais. Cada um com a sua escolha, já que sou criticada por isso!

Allan Robert P. J. disse...

Estamos em sintonia, Georgia. Noutro dia também escrevi sobre a vida real versus a vida virtual. Agora mesmo, no Fb, li uma mensagem de Madre teresa de Calcutá: "É fácil amar os que estão longe, mas nem sempre é fácil amar os que vivem ao nosso lado."

Boa reflexão.

✿ chica disse...

Belíssima e como sempre, tri acertada tua reflexão ! Não uso o FB a não ser para projeto de escrita. Assim, não me envolvo por lá. Mas sei bem que isso existe. Pena!

Viver a realidade é preciso!


beijos,tudo de bom,chica

Sandra disse...

Geórgia, uma das coisas que mais me irritam no FB são essas frases de "efeito", eu não compartilho e nem curto nada disso. É fácil manter a imagem de boa pessoa virtualmente, mas a vida é real e as pessoas também. Boa reflexão. Beijão e boa semana pra vocês :-)

Lúcia Soares disse...

Todos os dias penso em fechar minha página no FB, Georgia. Um dia consigo! Às vezes me abro por ali, mais do que devia, mas sempre acreditando que as pessoas que me seguem realmente são minhas amigas. Escolhi com muito cuidado, aandei deletando muita gente, e ainda vou deletar mais. Sei que amizade verdadeira é muito difícil ali, há muitos egos inflados, mas realmente nos meus seguidores ainda acredito.
Gostei de tudo que você abordou e sei bem que o melhor é falar o menos possível, inclusive é assim, na vida real, né?
Beijo!

João Menéres disse...

Como talvez saibas, GEORGIA, eu não vou muito no FB.
Quasesó por obrigação ou se conhecer a pessoa que está do outro lado.
Prefiro o trabalho que dá manter o meu blogue, onde já sei com quem "estou", de uma forma geral.
Portanto, achei muito pertinentes as tuas considerações.

Um beijo amigo.

Pedrita disse...

concordo amiga. tem gente q ajuda a compartilhar para ajudar, mas desde que seja só em um clique do mouse. se precisar se levantar, ajudar efetivamente, aí não vai dar. beijos, pedrita

Jota Sena disse...

Olá Georgia!

Á se todos assim entendesse,este universo virtual, não se destorcia tanto.

Abraços.

Lulu disse...

Georgia, bela reflexão com seu post. Pra vc ter uma ideia, as pessoas estão no automático, outro dia comentei que estava triste pq sentia falta do meu pai, já falecido. Tinha gente curtindo. Oi???
Aonde está o discernimento pra saber o que deve ser curtido ou não? Agora nem abro muito a boca por lá.
As pessoas não respeitam sentimentos. É uma guerra de exibição da "vida perfeitinha", como vc citou, frases de efeito que na prática não são aplicadas.
Lamentável.
Big Beijos

Gisley Scott disse...

É querida Gê, essa é a geração da vida em um clique! No FB ninguém quer ouvir lamentação do outro, é uma feira de vaidades, todo mundo tem que mostrar que está bem.

Na vida real, ninguém liga ou tem interesse se o amigo na verdade está bem, está sucedendo, aliás, suceder na vida real irrita as pessoas hoje em dia, o que é uma tristeza...

E o que dizer daquelas pessoas que só mantém contato com vc se vc fizer um face? Quantas vezes já não ouvi isso:"Ah Gisley, pq vc não faz um face?"Eu digo: Porque tem e-mail,skype,blog e msn messenger.

As pessoas estão cada vez mais preguiçosas relacionalemnte.Aqui a coisa é tão feia que fomos para uma viagem para pela empresa e o nosso chefe levou o grupo para comer em um restaurante requintado da cidade, e as pessoas sentadas, ao invés de comer e socializar com os seus colegas de trabalho, estavam no facebook atualizando seus perfis.Ah, sei não, pra mim não dá! Rs!

Ana Gaspar disse...

Muito bacana sua reflexão...
e concordo contigo.
Tenho Face, mas estou querendo dar um tempo disso, para ler mais... estudar mais.
beijoss

Beta disse...

Menina, incrível este post.
Eu quando peço ajuda a alguém... Divulgo algo solidário, quase não tem retorno, mas basta escrever uma "besteira" ou compartilhar uma piada que geral se manifesta... realmente...

Bergilde disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bergilde disse...

Acredito que esse pensamento vale para as redes sociais como o facebook que em certo modo expõem as pessoas mesmo como numa espécie de arena mas também para todo o espaço que permite interação virtual.Cada um é juiz de si e por isso vale ler sempre e reflitir antes de cada clic,possivelmente relacionando isso à vida prática de todos os dias.Pessoalmente esse recurso facilita bastante a nossa comunicação com parentes e amigos distantes.*Curiosidade que ví outro dia num site de tcnologia é que curtir no facebook pode significar apenas dizer que algo foi lido(não necessariamente com a conotação de que aquilo foi apreciado).Sem falar nos falsos perfis que incrivelmente circulam por toda parte.

Abraços,bom dia pra vocês! :)

Beth/Lilás disse...

Oi, Ge!
Suas reflexões são as que já fiz por muito tempo, antes inclusive de lá entrar e me divertir um pouco por dia.
Sou daquelas que entra mais à noite, mas vejo gente que está lá pendurada o dia inteiro e adora clicar ou se mostrar. Egos inflados mesmo ou gente que só quer mostrar o que faz e tem, por isso prefiro ler os pensamentos bonitos que me fazem transcender, acho preferível isto do que colocar fotos pessoais.
E as pessoas, humanas e cheias de imperfeições, são assim mesmo, tanto lá quanto aqui ou pessoalmente.
O Facebook pra mim é uma arma poderosa para utilizarmos contra os desmandos dos políticos, reclamar, arregimentar pessoas e levantar bandeiras por causas que achamos justas ou injustas. Já está comprovado o quanto estas redes sociais têm importância para estes atos. No mais, é como você bem disse, "um espelho onde cada um só vê a própria imagem"
um abraço carioca da serra



Lunna Guedes disse...

Pois é justamente disso que eu gosto no facebook, a exposição absurda de uma pessoa de maneira que a sabemos. Elas dizem coisas que nos levam a perceber o quanto na vida real elas são limitadas e pequenas. Veja bem, não é um julgamento, é uma constatação. Os radicais vivem ali e não usam máscaras porque eles se esquecem que por trás das palavras existem alguém. Já vi manifestações absurdas de preconceito. Gente que esquece que o outro tem direito a própria opinião, que pode não gostar de deus, Jesus - gente que não acredita em nada ou ninguém. Que tem outras opções. Já vi várias pessoas com pedras em mãos. Exclui todas elas do meu facebook e fui em frente. rs
Aliás, eu não acredito nessa questão do perdão, desculpas. Acho que erros ocorrem, mas quando ferimos alguém isso será para sempre. Somos humanos, cometemos falhas, mas ao ferir o outro é feito aquele vaso que quebra, nunca mais será a mesma coisa. rs

bacio carissima

Pêtra disse...

Concordo com você Geórgia e me pego muitas vezes pensando nessas pessoas tão solitárias, precisando tanto de Jesus! Precisamos curtir menos no virtual e compartilhar mais no real!!
Beijão pra vc querida!!

Tucha disse...

Suas reflexões são procedente, precisamos mesmo ir além do curtir e compartilhar do Face, apoiar e compartilhar ao vivo os que nos cercam.

Cris disse...

Geórgia,
Sua reflexão é muito bem colocada, especialmente porque as pessoas hoje ( em sua maioria - jovens - ) vivem de modismo. Eu detesto modismos! Essas redes sociais viram febre da noite para o dia, e é tudo tão artificial...Fui criada aprendendo a servir as pessoas, a ajudar quem precisa, a ter compaixão principalmente, e a ser útil. As pessoas acham um absurdo fazer algo por alguém, principalmente se for de graça.
Belo e verdadeiro post!

Nina disse...

Sempre tenho um certo receio de comentar em textos assim sabia Ge? Fico com medo de parecer mais uma pessoa que concorda com o post mais faz diferente, ou aquele tipo que sempre concorda com tudo e é um maria vai com as outras, entende o que eu digo?

é claro que concordo contigo. em tudo. e tenho pavor disso tbm, pra ser sincera nem do facebook eu gosto, uso de vez em qd, as vezes mais as vezes menos, mas nunca repasso essas frases que todo mundo posta.Acho na verdade, a maioria uma chatice,e todas escondem um bocado de hipocrisia. Tbm tenho receio pela juventude. Tenho mesmo.

Um beijo flor.
Ah e to contigo, tbm nao aguento mais esse frio.

Beth Blue disse...

Pura fachada a vida dessa pessoa. Bonitinha, sorridente, boazinha, mas com umas palavras destilando veneno e uma falta de compaixao tremenda.


Eu já vivi tudo isso pessoalmente, passei por cada coisa no Facebook que hoje em dia sei que amizade é uma coisa, amigos no Facebook é bem outra.

Fui extremamente ingênua em considerar amizades os amigos de orkut e Facebook que na verdade deveria colocar na categoria "conhecidos". E quebrei a cara algumas vezes nos últimos meses tanto que Facebook pra mim já perdeu a graça.

Talvez seja a minha idade, vou sempre preferir conversar pessoalmente, cara a cara, ao vivo e a cores. E infelizmente as pessoas parecer ter cada vez menos tempo pra isso...só sobra mesmo tempo pra Curtir algo no Facebook e olhe lá...muito triste!

Enfim, deve ser a idade né? Eu simplesmente não consigo me acostumar. Pronto, falei.

Beijos

Beth Blue disse...

Escrevi isso aqui há mais de ano no meu blog, veja só:

http://bethblue.blogspot.nl/2012/02/facebook-e-patrulha-do-bom-humor.html

Rebeca Cavalcante-Wilkerson disse...

G., concordo ctg. No facebook td mundo é legal, td mundo ajuda o outro, se importa... NG mente, ng tem inveja, ng é falso!
As pessoas gostam de usar máscaras nas redes sociais, mas já reparei que máscara tb cai no fb, viu?
É uma questão de tempo.
Mas eu n me preocupo, pq eu faço minha parte e ainda acredito q tem um monte de gente como vc pelo FB!

Beijo!!