Você faz toda a diferenca!

domingo, 16 de setembro de 2012

Precipitacao na decisao quem sofrerá com isso?


O filho da minha vizinha estava brincando de atirar pedras e uma delas quebrou a janela da casa que eles têm no fim do jardim. O pai na mesma hora disse que ele iria pagar o vidro da mesada dele.
Nossa, você pode pensar que duro. Eu penso: que legal, o menino tá aprendendo já cedo que para cada ato tem uma conseqüência. E com pais agindo assim eles estao livrando seu filho de algo mais grave no futuro.
Um dos grandes problemas da educacao moderna é deixar passar muita coisa que acontece no dia a dia da vida dos nossos filhos.
A Bíblia alerta: "Tudo o que o homem semear, também vai colher." E nós temos nos esquecido disso. Estamos vivendo uma Sociedade em Caos, porque temos semeado muito mal os dias futuros.
As nossas decisoes, têm impacto no nosso futuro.
Mamaes e Papais nao devem esquecer sua maior funcao: Educar e nao somente lamber a cria.

Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

16 comentários:

Nina disse...

Se eu ainda morasse no Brasil teria achado mt dura a decisao do pai, sabe? Certamente o filho pagaria pelo erro, tipo um castiguinho básico, eu nao perdoaria fácil, mas morando aqui, nossa, como essa Alemanha me ensina todo dia, acho que o pai está com a razao mesmo.

Acho que é por coisas assim, que nossas criancas estao tao cheias de si, fazendo o que andam fazendo mundo afora, roubando, matando, agredindo pessoas a torto e a direito. Ora, os pais nao fazem nada, certo?? porque alguém faria, nao é mesmo???

Bjs e bom domingo pra vcs.

Jota Sena disse...

Olá Geogia bom dia!

Bom texto a ser refletido. Eu dou meus parabéns a este pai, que esta fazendo a semeadura de forma correta. No amanhã, não ira lamentar por terem os passaros consumido o que ele semeou.

Abraços do velho Jota.

Angela disse...

Olá Georgia, obrigada pela dica da revista, mas já a zenho. Nada me escapa, hehehe!

Sobre seu texto, descontar da pesada o que foi estragado dentro de casa é um ótimo castigo, sempre aplico este castigo.
Nunca bati em meus filhos, acho cruel e nao funciona este tipo de castigo, nao aprendem nada, só revolta. Outro castigo que aplicou ou que aplicava eram ficar sem uma diversao que gostam (computador, sair para alguma festa, ir na casa dos amigos), ou fazer alguma tarefa doméstica a mais (pois aqui em casa, todos tem seus afazeres para ajudar).Muitas vezes, eu sugiro 2 castigos diferentes e eles escolhem qual dos castigos querem. Funcionava e funciona (para o filho menor de 12 anos) perfeitamente.
Isso eu faço desde pequenos. Hoje os mais velhos com 22 e 18 anos, tao muito mais valor a tudo, e se tornaram adultos maravilhosos e conscientes.
Beijos.

✿ chica disse...

Sábia decisão do pai.Aprendem desde cedo assim. Terão mais cuidado! beijos,lindo domingo,chica

Rebeca Cavalcante-Wilkerson disse...

Georgia, concordo totalmente. Os pais devem criar os filhos de forma que eles crescerão e saberão que o mundo não é fácil. Errou, pagou. Não precisa humilhar, apenas explicar as coisas, como esses pais fizeram.


Adorei o post, vou mostrar pra minha mãe!

Beijo no coração!

Pedrita disse...

meu pai sempre me ensinou a me responsabilizar pelos meus atos e na minha vida profissão isso foi muito importante. beijos, pedrita

Celia na Italia disse...

A vida é o resultado das nossas escolhas e nós somos responsável tb pelas consequencias.
Pagar o vidro quebrado com a mesada é muito mais do que isto, é educar com responsabilidade.
Não acho nada de mais nisto e concordo que atualmente as coisas ganharam um outro rumo.

Beth Saukas disse...

Geórgia,

Acho muito sábia a decisão do pai. Como você colocou, o que semeamos, haveremos de colher. Somos livres prá semear, mas não somos livres da colheita.

Abraço

elvira carvalho disse...

Minha avó dizia que os pais deveriam dar com uma mão o pão, com outra a educação. Eram outros tempos mas as pessoas nessa altura não eram tão rebeldes nem tão mal educadas. Sempre fui contra a pancada, que eu entendo só gera medo e revolta, mas também sou contra o deixa andar, ou a excessiva condescendência. Como diz o povo, no meio termo estará decerto a virtude.
Um abraço

Beta disse...

Verdade...
hoje em dia as crianças são criadas com muita liberdade... Isso tem suas consequencias...
bj

Ana Gaspar disse...

Certissimo!!!!
bom exemplo este...
e pra nós pais de primeira viagem.... ótimo!!!
adorei...beijinhossss

Celia Rodrigues disse...

Concordo!
Tenho cansado de ver pais que acham que tudo é demais para se cobrar dos filhos, e vão criando ao longo dos anos pessoas insuportáveis, que pensam que o mundo gira em torno deles e não tem nenhum senso de responsabilidade. Gostei desse pai!
Bjim!

Eve disse...

Quando meu filho caçula tinha 6 anos ele riscou uma cadeira com assento de corino, e risco de caneta não sai... Explicamos pra ele não fazer mais e blá blá blá. Pois mesmo assim ele fez novamente, e dessa vez meu marido abriu o cofrinho dele, pegou o valor pra trocar o assento, foi lá e trocou. E esse dinheiro do cofrinho ele estava juntando pra comprar um brinquedo. Apoiei a decisão do meu marido, e depois disso meu filho nunca mais rabiscou nem as paredes. Realmente é como diziam nossas avós: "é de pequenino que se endireita o pepino."

Cris Caetano disse...

Certíssimo... vejo pais com filhos adultos fazendo tudo por eles e nada dos marmanjos criarem um pinguinho de responsabilidade... fico imaginando a hora que os pais faltarem, como será?

Beijocas

Bergilde disse...

Toda ação corresponde a uma reação e na infância é que se deve aprender o príncípio dessa regra fundamental.Belo feito o do pai.
Abraços,bom dia amiga!

Mylla Galvão disse...

Eu acho justo o castigo!
Só quando doem no bolso deles é que eles veem o quanto erraram!
Meu marido não bate (as vezes!) nas filhas...
Mas tem hora que não tem como não dar umas palmadas...
As crianças precisam de cuidados e não sou contra a palmada...

bjos