Você faz toda a diferenca!

terça-feira, 29 de maio de 2012

Qual de vocês leu a manchete no jornal hoje pela manha?


 Li na semana passada uma ilustracao no blog Toque de Sabedoria deixei por lá este comentário:

Paulo me lembro uma vez quando tinha uns 18 anos mais ou menos e fui solicitar a vaga de um emprego, a pessoa que estava cuidando da selecao ao entrar na sala nos  perguntou:
Qual de vocês leu a manchete no jornal hoje pela manha?
Somente 2 levantaram as maos e ele disse: O restante pode se retirar.
Nunca me esqueci deste dia. A pessoa que estava fazendo a selecao nem nos perguntou se tínhamos lido a noticia no jornal, mas somente a manchete que qualquer banca de jornal deixava em exposicao para chamar a atencao.
Este acontecido na minha vida fez com que eu passasse a observar melhor o que eu tenho a minha volta.
Se você quiser conhecer a ilustracao que o Paulo postou, clique Aqui e ai você vai entender melhor o porquê do meu comentário. Vai valer a pena.

Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

15 comentários:

Pedrita disse...

eu às vezes saio sem ler os jornais e confesso q me incomoda. mas em geral leio dois jornais por dia. beijos, pedrita

Milena F. disse...

Sei que muitas vezes utilizam esse meio para triar candidatos e que é importante "ler jornais" ou se informar antes de sair de casa, mas eu não concordo com isso. primeiro pq o candidato que vai procurar emprego pode ter tido mil outras preocupações antes de sair de casa, como revisar sobre a empresa, pode estar ansioso , etc, e nesse dia não fez o que habitualmente faria.
E outra coisa, eu acredito que existe tanta manipulação nos jornais e reportagens e não leio tudo que sai não. Sem contar as grandes manchetes, que são geralmente supertendenciosas. Quando morava no Brasil não lia mesmo tudo o que saia sobre corrupção e cada nova CPI! Sabia o que se passava, mas em linhas gerais. Tinha amigos que ficavam 24h conectados na rede Senado para ver cada detalhe de cada CPI, por exemplo! E a gente sabe que além da manipulação dos políticos (pois eles chegam ali e no discurso deles, que é sempre muito bonito, nunca dizem nada), tudo sempre termina em pizza!

✿ chica disse...

Eu ,antes de ler o jornal, sei de tudo pois, acordo com o radinho,me colocando por dentro do mundo... beijos,lindo dia!chica

Bergilde disse...

É um hábito para mim desde que me entendí adulta a leitura de um jornal.Hoje, mais que nunca temos os olhos atentos às notícias,principalmente aquelas que se referem à situação interna italiana.Crise e Catástrofes naturais são a ordem de interesse de todos nós aqui.Mas,em geral,manter-se informado,bem informado como você apresentou no seu exemplo só favorece em qualquer que seja o contexto.

Mylla Galvão disse...

Gê,
Se passo perto de uma banca, a primeira coisa que faço é ler as manchetes de jornal!
Mas se estou no PC, abro sempre a globo.com
Gosto de me inteirar das coisas...
Qdo não isso me sinto meio perdida!

bjos

elvira carvalho disse...

Vou até lá.
Um abraço

elvira carvalho disse...

Já lá fui. Não conhecia a história das laranjas, e achei bem interessante.
Dei uma breve olhada no blogue e como gostei, roubei o link.
Um abraço

Nana disse...

Vim te convidar para uma blogagem coletiva muito especial: no dia 30 de maio, sobre o amor! Faz parte da campanha "GASTE TEMPO COM QUEM VOCÊ AMA"! Se der, vai no meu cantinho e confere como é. Participa com a gente??? Bj e fk c Deus.

Camille disse...

Isso ai, inforaçao é tudo. Nme precisa comprar o jornal, basta clicar.
Beijos ( estou no blog antigo, voltei , logico ne? So tirei alguns textos e pronto..)

Beth/Lilás disse...

Eu estou sempre ligada no rádio, seja no carro ou na cozinha e pela Net uma olhadela nos sites informativos também é de praxe.
bjs cariocas

Ligia Craciunescu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Celia Rodrigues disse...

Geórgia, já participei de processos seletivos para vagas de emprego em que tínhamos que dissertar sobre algum assunto político ou econômico em alta na mídia. Pouquíssimas pessoas sabia falar sobre o tema. No mundo corporativo não importa apenas ser técnico, tem que ter informação.
Bjo!

Ligia Africa disse...

Hallo!!!

LG

Allan Robert P. J. disse...

Realmente nos faz refletir. Enquanto trabalhei como empregado, sempre procurei pensar como se a empresa fosse minha. Nem sempre me dei bem, mas aprendi a ter uma visão empreendedora.

A Terra treme por aqui e parece que vai continuar tremendo. Então, tá.

:)

Obrigado pela preocupação.

Anônimo disse...

Deixei um comentário, mas alguma coisa fiz de errado e o comentário não foi publicado. Beijos, Georgia.
Posto como anônima, mas sou a Sonia.
(engraçado, para fazer um post anônimo não há a menor dificuldade, mas quando tento postar com minha conta Google nem sempre sou aceita)