Você faz toda a diferenca!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Uma TV em cada cômodo


Uma das coisas que mais incomodou o Christian quando ele foi ao Brasil pela primeira vez e incomoda até hoje é que em cada quarto da crianca existe uma TV.
Ele diz que brasileiro recebe visita com a TV ligada. Que brasileiro nao senta para jantar com a família numa mesa, mas toda a família senta no sofá na sala, prato na mao e a TV ligada. E chamam isso de E DU CA CAO.
Gente, tive que dar razao ao homem, porque é verdade. Quando visitamos nossos parentes no Brasil, vemos que em cada quarto tem uma TV e agora um computador.
Aqui em casa temos 9 cômodos, a casa é enorme e também nao temos empregada, nem faxineira, assim como nao temos uma TV em cada cômodo. Temos 2. Uma na sala de estar e uma outra na parede do nosso quarto. E esta, geralmente quem assiste sao as criancas na sexta e no sábado à noite, porque na TV da sala é onde temos os canais especiais. Mas nos quartos das criancas nem pensar. No quarto deles temos muitos livros, muitos cds com músicas e estorinhas legais.

Me digam porque é que crianca tem que ter TV no quarto? Qual o conceito de se colocar uma TV lá?
Que benefício ela pode trazer?

E você o que acha? Se é assim na tua família você acha que poderá mudar?

Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

18 comentários:

Pandora disse...

Sabe o que penso, que muita gente que tem filho não está preparada para isso e quando se vê com um ser que demanda ATENÇÃO, como letras maiusculas, tempo e dedicação fica enfadada, acha demais, cansativos algo dificil de maneira que ficam logo ansiosas por encontrar algo que consiga entreter esse ser e lhe ofereça um tempo livre para se dedicar a si.

A televisão é um auxilio poderoso nesse sentido, enterte, o pc a mesma coisa, o sentido de colocar a televisão no quarto é se livrar da criança sem culpa, afinal ela está segura, alimentada e dentro de casa!

Obviamente que essa forma de educaçar para mim é muito torta e viciosa, mas não é toda mulher e todo homem que quando se vê pai e mãe leva essa aventura a sério e faz dos filhos sua prioridade o tempo todo, não é nem questão de maldade, não é intensional, as vezes fazem isso porque foram educados assim, sem serem prioridade, não sabem nem o que é isso, acham que ser pai/mãe é simplesmente isso: alimentar, vestir, colocar na escola, pagar curso e patrocinar meios de distrair a criança quando ela está em casa de maneira que ela não pertube muito.

Bem, essa é minha pobre opinião.

Fábio Mayer disse...

O conceito brasileiro de tentar colocar TV no quarto da criança é no sentido de livrar-se dela, da criança, até porque, muitos brasileiros fazem filhos por imposiçao social e modismo.

Eduardo P.L disse...

Georgia,

seu marido tem toda razão nas observações que faz! É isso mesmo. Mas não vejo nenhum problema a não ser a total falta de educação de quem recebe e visita com a TV ligada! E de uma pessoa dessas, o que esperar, sobre educação de filhos? Mas esse é o brasileiro classe média, e agora a classe C que passou a ter poder aquisitivo para comprar TV. Só EDUCAÇÃO não se compra com bolsas do governo, a não ser ESTUDANDO e recebendo-a quando se é criança! E esse é o ciclo vicioso, não se EDUCA e os DESEDUCADOS não saberão educar! Mas é só um dos muitos problemas do nosso terceiro mundo! A Alemanha, nesse tópico, tem muito a nos ensinar! Mas vamos concordar que estamos dando passos, modestos é verdade, mas vamos chegar lá!

Bjs

Pedrita disse...

eu acho q são em algumas casas. eu almoço com a tv, ligo na hora do almoço, mas almoço sozinha. na casa da minha mãe nunca estamos com a tv ligada. eu tb não gosto desse hábito de tv nos quartos e computador nos quartos com crianças tb é arriscado. aconselham sempre q o computador precisa estar em um lugar visível para os pais acompanharem com quem a crianças fala. eu tenho tv no quarto, já q moro só eu. mas não fica ligada direto. só nos programas que quero ver. e qd falo ao tel estou sempre longe do computador e da tv por educação, afinal quem liga merece respeito não desatenção. acho bom mais de uma tv pra q as pessoas possam ver outra coisa se não gostam. mas uma tv pra cada um é exagero. duas no máximo. beijos, pedrita

Tucha disse...

Concordo com seu marido, a televisão constantemente ligada nos impede de conversar, de estar junto. E se há uma tv em cada quarto, reduz ainda mais a possibilidade de conversar. Só tenho um aparelho de televisão em casa e fica fora da sala, está é para receber os amigos e conversar com eles. Tanto que um dia destes um dos amigos me perguntou se eu tinha uma TV (rs,rs,rs).

Bia disse...

Ge,

Não posso responder a sua pergunta em relação a criança ter tv no quarto, mas posso dizer que cresci grudada na televisão... e hoje, moro numa casa que não tem televisão, e não me faz a menor falta (quando quero assistindo alguma coisa, uso o laptop).

Hoje em dia, até acho tv um pouco desnecessaria!

bjs

Cris Caetano disse...

Bem, quando criança, as TV's eram na sala e no quarto dos meus pais e só. Nunca me deram uma TV, snif... rsrs Acho correto, isso nos proporcionou um convívio maior e mais diálogo. Mesmo mais tarde, com TV no meu quarto, acredito que devido à falta de hábito na infância, só me lembro de ligá-la quando me deito pra dormir ou se passa algum programa quando o gosto não coincide (mas é raro).

Beijão, Ge

Mikelli disse...

é um costume brasileiro que realmente nao precisa ser "exportado" hehe Aqui tb temos 2: uma na sala e outra no nosso quarto. Mas raramente assistimos. O mais engracado, foi que quando mudamos pra ca, vimos que tinha 1 TV-Dose na sala e outra no Kinderzimmer!! No nosso quarto, nada. haha Nao acreditamos e ficamos nos perguntando que pessoa normal botaria tv no quarto das criancas assim. =) Tv pras criancas, só no maximo qdo elas ficarem adolescentes...tipo 16 ou 17 anos. Bjs!

Tay disse...

Infelizmente há essa hábito, sim. E eu acho certo mesmo não ter tv no quarto das crianças. Mainha tem uma afilhada de 10 anos e ela sempre vem pra cá nas férias, fins de semana e feriados. Eu fico em cima pra que ela não assista tv além dos programas adequados pra ela. Na hora das novelas, ela vai pintar, desenhar, brincar, qualquer coisa, menos ficar assistindo. Precisa-se preservar a inocência infantil.

Eliane Pechim disse...

Sera que é so no Brasil mesmo? Aqui nos EUA muita gente come no sofá também. Claro que tem algo da cultura, mas varia tambem de familia para familia. Aqui em casa temos televisao na sala de tv de cima, na sala de tv de baixo e outra pequena no quarto de hospedes. Televisao e computador sao proibidos nos quartos da familia. Deixo uma no quarto de hospedes porque tem visita que curte, mas no nosso quarto nao tem nem nunca vai ter. No quarto do Oliver tambem não vai ter. Computadores só nos escritorios (meu marido tem o dele, eu tenho o meu). Outra regra aqui em casa é comer sempre na mesa e com a tv desligada. É como funciona pra gente. So nao gosto da generalizaçao. Como saber o que funciona para a famiia dos outros? Pode ser que quem janta com a familia no sofa vendo tv é mais feliz assim e nao sou eu que vou dizer o contrario. rs... Entao nao acho que tem certo nem errado aí, mas sim o que funciona pra cada familia. Um beijo

Georgia disse...

Eliane, a pergunta deixada foi:

Qual o conceito de se colocar uma TV lá?
Que benefício ela pode trazer?

Nao falei em momento algum se um é mais feliz ou feliz do que o outro.

Eu demorei a dar a mao a palmatória de que o meu povo é assim. Talvez nao seja tao gritante prá você ai nos EUA porque muitos fazem. No meu caso nao e numa grande maioria na familia alema que prefere caminhar a sentar-se na frente da TV.

Nao escrevi hora nenhuma se um povo é feliz assim ou mais feliz assim ou nao.


Bjao

Lúcia Soares disse...

TV aqui em casa, no quarto, quando eram adolescentes eu deixei terem.
Hoje, casados, ainda curtem o hábito de TV no quarto, o que é desaconselhável. Eu aboli no meu.
Criança com TV no quarto acho péssimo.
Benefício não traz nenhum, certamente.
No caso dos meus, já eram adolescentes, gostavam de se deitar cedo (acordavam cedo para a escola) e preferiam assistir no quarto, onde programavam o momento de desligar, e acabavam dormindo logo. Como em minha casa nunca ficaram de porta trancada, e nem tinha TV a cabo, dava pra acompanhar o que assistiam.
Acho que é só questão de gosto mesmo, Georgia. Tem quem quer, mas acho desnecessário.
Agora, TV ligada com visita em casa, nemmmm!
Beijo!

Beth/Lilás disse...

Ge,
Teu marido está correto e eu também o apóio nesta crítica, pois é uma realidade brasileira e muita da feita por sinal.
Aqui em casa não tem esse negócio, apesar de termos tv até na cozinha, mas pouco é ligada, apenas por mim quando estou cozinhando e me demoro mais um pouco por ali.
Não consigo imaginar receber uma visita e deixar a tv ligada, coisa sem nexo mesmo.
]Quanto a tê-las nos quartos das crianças não acho nada demais se pudermos controlar os horários e hábitos, mas não creio ser uma coisa necessária.
bjs cariocas

Jady disse...

Sempre fui contra tv no quarto, seja adulto, seja criança. Essa foi uma das minhas exigências quando "juntei os mouses" com Nilo: nada de tv no quarto, que é lugar para descansar e xamegar. Temos duas, mas apenas uma é usada e, normalmente, procuramos assistir programas que os 3 gostem.

Bel disse...

Aqui temos uma na sala e uma no nosso quarto, que serve para ouvir uma "musiquinha pra alegrar os corações" na hora de dormir via canais de música da sky e só. A da sala é ligada à noite, para ver o jornal e a novela (confesso) ou algum filme na sky, além dos seriados que acompanho, mas tudo muito cronometrado. Quando estou sozinha em casa ela fica na música enquanto trabalho no computador. Mas com visitas, NADA DE TV! E é lei.

Bjooo

Eliane Pechim disse...

Nao falei que vc disse nada sobre ser mais feliz de um jeito ou de outro, essa opiniao e minha, que nao gosto quando as pessoas entram numa de classificar uma cultura como melhor que outra. Fiz um comentario complementar a minha opiniao pessoal geral, nao a sua. Da mesma forma, em momento nenhum eu disse que por viver nos EUA, onde muita gente tb come no fofa com a tv ligada, eu achava esses habito mais normal ou comum. So fiz uma observacao, descrevi o que vejo aqui, sem julgamento de valor, pq o que nao e normal pra um, pode ser normal e comum pra outro e vice-versa. Quando falei da generalizacao, quis dizer que nao e SO no Brasil que se tem esse habito e por isso citei os EUA. Na minha casa as coisas sao de um jeito, mas entendo que outras familias, estejam elas no pais onde estiverem, talvez prefiram de outro jeito. E eu nao critico isso se funciona pra elas. Foi o que eu quis dizer. Nao falei que vc disse nada. Beijo

Depois dos 25... disse...

Para mim quarto é ligar de paz, para o casal conversar e crianças desligarem do mundo agitado.

Mas é coisa de país em crescimento, com essa abundância financeira é aquela história: quem nunca comeu melado, quando come se mela todo né?

Quarto é para o casal transar,conversar, discutir, se acertar, ler, ter paz.

Minha humilde opinião...

Beijos

Petit Artiste disse...

Pior é a visita que chega na sua casa - onde a TV está devidamente desligada - e pega o controle e liga a TV, via de regra escolhe um canal da porcaria de TV aberta, na novela ou no deseducando e manipulando Jornal Nacional. Total falta de educação, sintonia com os outros, com o ambiente que está visitando, enfim, finesse ZERO. E como tem brasileiro assim. A falta de modos é uma praga!