Você faz toda a diferenca!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O fotógrafo

Novidades no sidebar, por favor leiam porque é importante.

Torsten Amft um fotógrafo designer petulante queria fotografar mulheres com alguma deficiência física. Mas ele teve tantos problemas na hora das fotos, pois as modelos com as suas deficiências nao podiam agir como as modelos que ele estava acostumado a fotografar. Chegou a chamar uma até de pé de pinguim, a outra chamou de lesma, que ela deveria lutar contra esses pequenos impecilhos...
Eu fiquei com tanta raiva pelo tratamento que ele deu a elas que se ele aparecesse na minha frente, juro que eu pegava o meu cinto e dava nele a surra que ele nunca levou na vida.
Duas semanas se passaram e uma das modelos ficou tao machucada com o tratamento recebido por ele que numa entrevista ela o desafiou por apenas uma tarde a se sentar numa cadeira de rodas e ir às compras.
A pressao da imprensa foi grande em cima dele e ele acabou por aceitar o desafio.
Sentado em uma cadeira de rodas tentando atravessar uma rua cheia de neve para ir às compras, achei pouco o que ele sofreu ali. Resultado: Ele pediu desculpas a elas. Confessou que jamais poderia imaginar que o mundo em quem ele vive, nao está nenhum pouquinho preparado para as pessoas deficientes e que ele lamentava muito a atitude que ele teve com elas.

Foi a casa delas se desculpar pessoalmente.
Fiquei pensando que pessoas como ele deveriam mesmo viver por meio dia as deficiências que os outros têm para aprender a respeitar a vida do outro ser humano.

Novidades da Alice no País das Maravilhas. Para quem gosta de boa leitura a Vanessa está com um super desafio no Fio de Ariadne, vale a pena conferir e fazer parte. Cliquem AQUI para saber dos detalhes ou cliquem na imagem para o link da promocao abrir.

Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

29 comentários:

Eduardo P.L disse...

Dona Georgia, que mulher "brava"!!! Tirar o cinto e bater????? srsrs
Neste caso, o fotógrafo merecia!
Outra coisa é a chegada da Primavera! A blogosfera é que sai perdendo! srsrs
Bjs e aproveite bem a PRIMAVERA!

Cris Caetano disse...

Eu acho que foi pouco para o que ele fez... uma semana surtia melhor efeito.

Beijinhos

João Menéres disse...

GEORGIA

Fiquei como tu com esse de AMFT...
Porém, quando ele aceitou o desafio (embora pressionado) e depois foi a casa de cada uma apresentar desculpas, confesso que fiquei mole...

Quanto às tuas postagens, visitas e comentários passarem a ser uma vez por semana: Escolhes a 5ª feira, não é?
Perfeitamente lógico e entendido.
Um beijo.

Anunciação disse...

Nossa,que homem egocêntrico e alienado;imagina se não fosse um artista.Bem feito pra ele;aliás,isso é o que deveria acontecer com muita gente,inclusive os administradores das cidades que não tem um mínimo de cuidado com seus cidadãos com necessidades especiais.Ob:Quando vejo vc toda cuidadosa e gentil avisando sobre suas postagens,fico de cara murcha de vergonha;largo meu blog e volto a hora que me dá na telha sem dar uma satisfação que seja;mas não é maldade,não;luto há séculos contra a indisciplina mas acho que passei tempo demais obedecendo ordens,que não aprendi a dar a mim mesma.Um beijo e boa primavera pra vc e familia.

Pedrita disse...

é insuportável pessoas q desejam dos outros o q elas acham. prepotente ao extremo. beijos, pedrita

Maria Augusta disse...

Só mesmo experimentando a mesma coisa é que se tem noção da dificuldade alheia. Ainda bem que ele aprendeu a lição.
Nossa, como entendo tua necessidade de sair para sentir o sol no rosto, sinto a mesma coisa depois deste inverno duro que tivemos, também penso em postar menos durante a "bela estação".
Um grande beijo.

Chica disse...

O fotógrafo merecia mesmo e ainda bem, passou os tyrabalhos e viou as dificuldades reais...beijos e aproveirta bem o sol e luzes por aí!Não te preocupa com comentários.Curte tudo,passa tão rápido!beijos,chica

Albuq disse...

Georgia que criatura é essa? Sei não viu, tem muito o que aprender esse rapaz!

Eu tenho um amigo que faz o curso de Arquitetura, um dia ele me falou que quando pagavam uma disciplina e foi trabalhar com calçadas e ruas adaptadas, tiveram que andar de cadeiras de rodas para ter noção da necessidade de se pensar o mundo adaptado para todos. Achei muito legal a iniciativa do professor, porque todos precisam respeitar o próximo.

Adorei o post!
bjs

Vanessa disse...

Georgia aproveite bem sua primavera e muito obrigada pela adesão na promoção da alice.

beijos

Eliane Pechim disse...

Nas minhas ferias no Brasil vi um especial na Record sobre as dificuldades enfrentadas pelos deficientes no Brasil, a falta de respeito e a insensibilidade daqueles que nao sofrem as mesmas limitaçoes que essas pessoas. Fiquei chocada. Falta muito ainda para nossa sociedade aprender a conviver com cidadania.

Jota Sena disse...

Olá Georgia!

Meus parabéns, pois foi muito inteligente de sua parte. Fazer um comentário sobre a falta de respeito. E usando este episódio do fotografo, ficou mais interessante, porque normalmente quem trabalha com arte é uma pessoa sensível a tudo o que diz respeito à vida...

Um abraço e até +

Gisa disse...

... não vej oa hora de ver esse filminho com minhas pimpolhas.

(essa sua musica de fundo é deliciosaaaa)

bjs

Mylla Galvão disse...

Gê,
Senti a sua falta no Vidas... Mas sabia de suas férias...
Esse fotógrafo é mto desumano!
E um mês seria mto pouco para ele!
Acho q bater não resolveria o problema, pq as cicatrizes desaparecem com o tempo!
Bom mesmo seria se ele fosse pressionado a ficar 1 mês na cadeira de rodas... Uma semana é pouco tempo demais... Imagine se fosse aqui no Brasil?

Estou na promoção da Vanessa, deixei um link lá e a postagem está no Ideias...

Vc sabia q a Anny tem outro Blog? O Sonho da Linha? Mas esse nem vou seguir. Ultimamente só leio os posts mas não comento... Não vale a pena!!!

Bjos doces e floridos na alma!

Bergilde Croce disse...

Oi,Georgia!Respondi seu email,já viu?Reforço meus agradecimentos por ter se lembrado de mim...

A gente vê cada coisa deplorável nesse mundo,não é mesmo?Essa do fotógrafo ai então!Aqui a onda é a chantagem dos 'paparazzos'aos políticos e artistas pela não publicação de fotos comprometedoras nas revistas e jornais,já deu até cadeia,mas passar por uma experiência como essa que você citou não faria mal não também aos daqui.

Gisley Scott disse...

Eu dava uma pisa nele era de corda azul, aquelas de caminhoneiro, que ele ia apanhar feito um escravo pra deixar de ser fresco,porém gostei da atitude da modelo.Isso fez com que ele pensasse mais nos outros e aprendesse ser mais flexível.

Bjos!

Carla disse...

Puxa, mas quanta insensibilidade! Nunca pensei que um "artista" pudesse ser tão grosseiro... Lamento pelas modelos expostas a esta figura, e tomara mesmo que ele tenha aprendido alguma coisa!
Um abraço, é sempre bom passar por aqui.

Jaque Gonchoroski ઇ‍ઉ disse...

Só sentindo na pele mesmo...
Que falta de consideração desse cara. Espero que isso o tenha feito mudar de verdade.

Tenha um bom dia
Beijos

Gaspar de Jesus disse...

Oi Amiga Georgia
Esse tal "dito fotógrafo", deveria ter uma ideia do sofrimento das pessoas com problemas de locomoção...!
Teve pelo menos o bom Senso de ir pedir desculpas pela sua insensatês.. já não é mau!
Quanto ao resto, à sua falta de tempo para as lides de blogueira, não se preocupe minha amiga.
Eu estou na mesma situação pelos motivos que bem conhece. Tenho conseguido publicar uma foto por dia, mas de resto, para retribuir as gentilezas e são muitas! Faço-o sempre que posso!
Parabéns por ser o Ser Humano Fantástico que é e pela linda familia que tem.
Beijinhos
G.J.

Celia disse...

Isso deveria se repetir sempre que uma pessoa fizesse isso. Boa licao. Bjoka

Mylla Galvão disse...

Gê,

Passando para te convidar para a prévia da Blogagem que propus no Ideias... Passa lá para ver se gosta e se quer participar...

http://ideiasdemilene.blogspot.com

bjos coloridos!!!

Regina Coeli Carvalho disse...

A gente só sente onde o calo aperta quando calça o sapato do outro.
Esse tipo de pessoa olha o semelhante por cima e não consegue vislumbrar o que está por trás do exterior. Triste! Confesso que eu lhe ajudava a dar umas cintadas nele, rsrs.
Respondi seu e-mail ontem. Topo o encontro. Só não posso aos sabádos pois ministro um curso o dia todo.
bjs.

Mimirabolante disse...

Que horror !!!
Amiga,meu livro acabou de chegar !!!!Muito obrigada pelo carinho.....já fiz até uma postagem !!!!Mil beijocas.....

Dalva disse...

Georgia, esse senhor merece mesmo uma bela surra de cinto! Mas pelo menos ele refletiu e resolveu se submeter ao desafio de sentir na pele o que é ter uma deficiência num mundo tão pouco preparado!
Bjs.

P.S. Aproveite a primavera! As flores, as cores, os perfumes... são momentos únicos, que não devemos perder!

Camille disse...

Como vi em um dos comentarioa acima, tb acho pouca essa punicao, mas ele pelo menos tomou consciencia e foi pedir desculpas. o problema é que esse tipo de humihação pode abrir um buraco na alma deuma pessoa para sempre, e nada fecha.
Enfim, vamos ao assunto Alice que é mais alegre.Vou dar uma olhada.
Beijos amiga,
Cam

Ana Filipa Oliveira disse...

Obrigada pelas visitas e comentários. Já sei que agora vao ser menos frequentes. Acho bem! Com o Sol a brilhar por estas bandas há que aproveitar. Encontraremo-nos com certeza pessoalmente. Beijos

Mylla Galvão disse...

Georgia,

Para vc eu posso abrir uma exceção... Pode ser uma novela que mais marcou vc... Tanto faz... Mas queria mto que participasse!
Sabe? Gosto mto de vc!!!

Bjos

Marco disse...

Há coisas que a gente nem deveria comentar, mas acho que a punição vem aos poucos, a vida com toda certeza se incumbirá disso e na medida certa.
Grande abraço

Anny disse...

Geórgia:
Sabe, o fotógrafo foi mesmo desumano. Faltou nele aquele sentimento que nos faz sentir no lugar do outro.
Muita gente, é assim e nem percebe. Infelizmente.

*Vou lá dar uma olhada no link da Ariadne.
Uma boa Primavera! Coloque foto das flores.
Beijos.
Anny.

Diz disse...

Absurdo! foi pouco o q sofreu- eles deveriam pedir indenizaçãoe ferrar c ele.
Bjs Laura
Coloquei link p cá np twitter.