Você faz toda a diferenca!

terça-feira, 2 de março de 2010

Nosso planeta é feito de plástico

Vocês já pararam para pensar como consumimos plástico?

Contem comigo:

Quando um bebê nasce a primeira coisa plástica que ele recebe é a chupeta. Para algumas maes uma bomba plástica para retirar o leite e depois a crianca recebe uma mamadeira plástica;

Quando fazemos as festas de aniversário dos nossos filhos lá vamos nós comprar os refrigerantes que vêm aonde? Adivinhem? Sim, em garrafas plásticas e o servimos em copos plásticos, com garfinhos e pratinhos plásticos para comer o bolo.

Quer um cafezinho? Sim,na firma em que eu trabalho ele vem servido em copinho branco de plástico com colherzinha plástica e tudo mais para adocarmos o café.
Vamos ao mercado? Claro, que belo programa! Compramos a margarina que vem dentro de uma caixa plástica; compramos o iogurte super saudável que vem dentro de um copinho plástico; preciso de shampoo para os cabelos e também de um condicionador. Imaginem que embalagem lindas eles têm? Todas plásticas.
Preciso de material de limpeza, às embalagens? Plásticas!!!
Preciso comprar salsicha para o cachorro quente, lingüica para o churrasco, carne, todas embaladas em plástico e quando nao até à vácuo. Ket Chup? O do vidro nao, nao tem gosto, melhor aquele vermelho de embalagem plástica com tampa plástica também.
E as compras como vou levá-las para casa? Claro, porque nao em bolsas plásticas?

Como se chama mesmo este planeta em que vivemos, hen?

Planeta Terra. De Planeta Terra ele nao tem nada.

E depois estamos batendo no peito dizendo que somos ecológicos...

Fazendo parte do Ecological Day proposto pela Sonia Mascaro.

Atenção: É expressamente proibido a cópia deste texto e imagens sem a autorização prévia do autor.

28 comentários:

Chica disse...

Que maravilha de alerta! beijos,tudo de bom,chica

Maria Augusta disse...

Georgia, o plástico invadiu nossas vidas mesmo, primeiro pensamos no aspecto prático e só recentemente se percebeu que ele não é biodegradável e precisa ser reciclado. Por aqui muitos já estão voltando a utilizar copos de vidro nas firmas, que precisam ser lavados mas são reutilizáveis. Mas o reino do plástico ainda deve durar muito, pelo menos enquanto houver petróleo...
Bela e importante participação no Ecological Day, a minha deve atrasar neste mês, não acabei ainda a pesquisa sobre o assunto que quero abordar.
Um beijão.

Anny disse...

Geórgia:
Sabe que fico pensando nisto, quando vou ao supermecado e vejo aqule mundo de sacola plástica que as pessoas levam para casa?
E os copinhos pláticos que as pessoas usam para tomar café...
Esta é uma delas, mas existem inúmeras delas.
Isto implica na consciência do consumo.
Precisamos mesmo prestar muita atenção neste consumo desenfreado de plásticos e tomar algumas atitudes a respeito.
Parabéns pelo texto. Muito bom.
Beijos.
Anny.

Pedrita disse...

eu já tenho um hábito de usar pouco plástico, mas mesmo assim é muito. mas já tenho em casa vários objetos feitos de garrafas pet e meio sem querer. uma sacola pra levar ao supermercado, linda de morrer, vinha com 3 garrafas de suco, fui pq achei linda e li na etiqueta q era de garrafas pet. tenho uma ótima vassoura q é de pet tb. meio sem querer tb. e essa semana vi uma propaganda de um carro q o estofamento dos bancos eram de pets. por sorte estão aprendendo a fazer bons objetos com o lixo q jogamos. beijos, pedrita

João Menéres disse...

O saco de plástico tem algumas serventias:
Para proteger a cabeça quando pinga e não há melhor.
Para proteger do pó aquelas folhas de papel que HAVEMOS de arrumar (mas que na realidade jamais arquivaremos no sítio certo).

Conheces outra utilidade?

Muito acertado o teu texto e com humor quanto baste.

Um beijo.

Marina G. disse...

É bom mesmo tocarmos nesse assunto, alerta ao máximo de pessoas o dano que estamos causando no Planeta!
Parabéns por fazer a sua parte Ge.

Beijo :*

Anunciação disse...

Fico horrorizada quando passo em certos locais e vejo aquele monte de saco plástico espalhado;pq não nos contentamos em usar;espalhamos por aí.Tento o máximo possivel evitar,mas é dificil não usar;já uso sempre que posso sacolas retornáveis e junto as pets para uma sobrinha que faz umas artes bem bonitas com elas.

Albuq disse...

Georgia que legal essa observação que você fez! A gente utiliza tanto o plástico que nem se dá conta, tenta ser ecológico, mas, está totalmente inserido neste consumismo do plástico!
bjs e ótima noite!
Ps. fiquei fã dos seus textos!

Albuq disse...

Georgia que legal essa observação que você fez! A gente utiliza tanto o plástico que nem se dá conta, tenta ser ecológico, mas, está totalmente inserido neste consumismo do plástico!
bjs e ótima noite!
Ps. fiquei fã dos seus textos!

Poesia do Bem disse...

Oi Georgia como vai? Relamnet de terra tem mais nada, só resta plástico emsmo.Na escola em que trabalho fico loucaaaaaaaaaa.Acredita que a diretora dá pra cada professor um pacote e copos com 100 cada um? isso se vc contar que temos pelo menos 50 professores, só falto morrer, mas falar não faz a pessoa mudar quando nãoq uer.Já levamos canecas ai dizem ah! mas suja e asim fica! Cada um faz sua parte, mas o todo ainda pesa.Bjs e saudades.

Nana disse...

Gostei de uma campanha aqui no Brasil q alerta q "saco eh um saco" sobre o uso excessivo de sacolas plásticas. Bjs e fique com Deus.

Sonia disse...

Mereceria o prêmio Nobel multiplicado por 100 quem conseguisse produzir um plástico biodegradável, ou algum material menos nocivo para substituí-lo. Se não, o mundo vai acabar sufocado em plástico.

Mi disse...

o pior é que mesmo tentando evitar ao maximo usar plasticos, vc nao consegue. como vc mesma disse: no mercado vem tudo em embalagens plasticas. eu fico me perguntando, se algum dia isso vai mudar e vai surgir um outro material para substituir o plastico. bjs!

Beth/Lilás disse...

É muito plástico mesmo e parece que não tem ninguém interessado em bolar uma forma de tirar de vez isto do mundo.
Que pelo menos tenhamos esta consciência e façamos um pouco para evitar tanto uso do mesmo.
Eu tenho minhas 3 bolsas ecologicamente corretas e já diminui muito a quantidade de plásticos aqui em casa.
bjs cariocas

sonia a. mascaro disse...

Georgia, um ótimo post para o Ecological Day!
Olhei em volta de mim e constatei quantos outros objetos de plástico me rodeiam... Podemos fazer um grande inventário!
Aprendi com minha filha a levar tudo que é reciclável para reciclar. Pelo menos isso...

Obrigada por sua participação no Ecological Day e por dar link ao Leaves of Grass.
Beijos.

Jens disse...

Oi Georgia.
A continuar assim, vamos nos afogar em plástico.

Beijo.

tonhOliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tonhOliveira disse...



Esqueceste de mencionar
que para mudar a cara ou corrigir "defeitinhos",
fazemos plástica!

Todos ficam com "cara de plástico"!
Até as ARTES são plásticas!

Ahahah!

Abraços de carne e osso!

Sandra disse...

VALEU TONHO, FAZEMOS PLÁSTICA..FANTÁSTICA!!!!RSRSRSR.

INCRIVEL GE, COMO O PLÁSTICO REALMENTE, ESTÁ EM TUDO..
A GLOBO (TV), ESTÁ RODANDO UM COMERCIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO PARA ESTE MATERIAL. "QUE O HOMEM É O ÚNICO SER QUE VÊ A BELEZA NO LIXO"- A IMAGEM É UMA SACOLA VOANDO. BEM INTERESSANTE.

TODOS OS COMENTÁRIOS ACIMA SÃO MARAVILHOSOS. CONCORDO.
TEMOS QUE FAZER ALGUMA COISA E EVITAR AS SACOLAS..ESTÁ DEMAIS...
HAJA TANTO LIXO.

AMADA!
TAMBÉM ESTOU NESTA COLETIVA.
INTERAÇÃO DE AMIGOS.
SÓ TEM QUE IR ATÉ LÁ E VLICAR NA PALAVRA AQUI E VERIFICAR A COLETIVA.
O MUNDO MELHOR..O QUE FAZER...
VOU TE ESPERAR.
UM GRANDE ABRAÇO.
SANDRA

Aninha Pontes disse...

Acho que o plástico, assim, como qualquer outro produto que polua, deve ser usado e consumido com cautela e bom senso. Mas não dá para se livrar dele assim tão fácil.
Um beijo

Mahria disse...

Nossa quanto plástico né e pensar que ele demora de 100 a 450 anos para se decompor na natureza...

Bjs
Mah

Jota Sena disse...

Olá Georgea!

Que bom ler as tuas postagens! Realmente vivemos no Mundo dos plásticos. Antigamente canos para conduzir água, eram de ferro galvanizado, hoje e PVC. O dito é plástico também! E lá vamos nós vivendo em meio à estes e torcer para que nós, não tenhamos que passar o resto de nossa vida envolto à uma bolha de plástico para sobreviver...

Um abraço

Tucha disse...

O plástico ajuda, embala, conserva mas atrapalha especialmente se mal utilizado. Mas seberemos viver sem ele, neste nosso planeta plastificado?

Dalva disse...

Olha, é assustador quando vemos o depósito de lixo da cidade tomado de embalagens de pet e sacolas plásticas! E o pior é que muitas delas vão parar nos rios! Foi uma imagem tão chocante quando vi ao vivo o mangue todo tomado por sacolas plásticas que a partir daquele dia não uso mais as sacolas do supermercado, comprei uma eco-bag! Parabéns pela postagem, Georgia, criativa e oportuna!

Bjs.

Luma Rosa disse...

É plástico demais neste mundo!! Estou com a Sônia! Merecia um Nobel a pessoa que conseguisse uma maneira de transformar o plástico e/ou substituído totalmente! Beijus,

Lunna disse...

Estive pensando nisso esses dias, mas li um artigo sobre o plástico feito a partir da cana de açúcar que talvez possa ser a melhor saída para essa questão, já que não polui e é facilmente absorvido pela natureza, além é claro de ser reciclável totalmente.
Enfim, será que encontraremos um meio de sobreviver sem esse artificio? Porque hoje em dia tudo gira em torno disso. Se bem que havia vida antes de sua descoberta, vai saber.
Bacio carissima

Bergilde Croce disse...

Georgia,tenho a sorte de viver numa região onde se recicla tudo e o plástico é elemento principal nessa reciclagem.Os supermercados e feiras livres oferecem sacolas recicladas,que são vendidas a cinco centavos de Euro cada, e a gente ainda as reutiliza até se romperem e serem substituídas.Essa é parte da coleta diferenciada do lixo daqui,mas sei que é muito pouco se pensarmos no todo do nosso planeta.Ótima postagem, mais uma vez incentivando a conscientização!Abraços,Bergilde

Cris Caetano disse...

Pois é... bem pensado. É reciclar sempre porque ainda não há como substituí-lo tão cedo.

E finalmente meu prédio resolveu separar o lixo (plástico, papelão e vidro). Eu, tolinha e mal acostumada separava tudo que o faxineiro depois juntava num lixo só... falava e nada e a mangueira furada desperdiçando água? Como doía!!! Após 5 anos, a luz se fez... Amém!